Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

terça-feira, 23 de junho de 2009

CRENÇA QUE MATA

Hoje dedico pesar pela morte de pessoa querida que, em respeito, não citarei nome.
Razão para que esta publicação fique restrita a único texto.

CRENÇA QUE MATA
Estou diante de um dia em que tenho diante de mim evidência sem tamanho.
A necessidade de acreditar por vezes pode matar.
Por força da fraqueza não são poucas as pessoas que abrem seus corações para crenças muito perigosas. Pessoas que acreditam em soluções mágicas, visões extraordinárias, discursos mirabolantes, milagres, milagres e mais milagres.
Acreditar é simples sim. O problema está é naquilo que passamos a acreditar porque o ser humano é diverso e perverso. É, mas não é confiável porque não é pleno, não é forte o bastante para colocar-se isento da sua fraqueza.
Existem crenças que alucinam, existem alucinações possuídas por crenças que matam.
Depois fulano morre e pronto, a causa fica num ataque cardíaco tão fulminante quanto casual.
Ontem fui ao velório dele que foi a uma festa dita de seita com direito a um certo chá poderoso. Ele foi pra lá vivo e saiu de lá morto.
Belo Horizonte, 23 junho 2009

20 comentários:

Vivian disse...

...fico triste pelo seu amigo,
e me solidarizo contigo
neste momento em que compreender
se faz um exercício enorme.

mas é a vida...

bj, querido!

DO disse...

Meus sinceros sentimentos,Cadinho.

Karolina disse...

Meus sentimentos tbm.

"Curioso,porém é que não me sinto confortável,afirmando que a morte não é o fim,embora ... anula o argumento leva-nos a neutralidade,pois este fim é neutro..."

Renata disse...

Prefiro acreditar no conforto de Deus mesmo! Sem fanatismos, claro. Fique bem. Bjs

Lilith disse...

Meus sinceros sentimentos...

bj.

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Cadinho,

É muito difícil perder para a morte uma pessoa querida... mas temos que ter fé e acreditar que pra tudo existe o melhor.

Que sua semana seja de luz.

Rebeca


-

Deisi disse...

olá!
obrigada pela visita...é sim´, é o fim daquele blog, mais o começo de outro..
nos visita ai :
www.feitos1paraoutro.blogspot.com

meus sentimentos...
abraços

luluonthesky disse...

Cadinho,
Meus sentimentos pela perda do seu amigo. Que ele encontre a paz, a luz e o descanso eterno.
Big Beijos

Cris Fênix disse...

Obrigada pela visita.
Lamento pela sua perda...
T+

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Precioso é ser amada de todo jeito...

Noite iluminada, Cadinho.

Rebeca

-

Graça disse...

Lamento a vida que se perdeu... tudo o mais é sem comentário.


Um beijo meu

CHRISTINA MONTENEGRO disse...

Meus mais profundos sentimentos.http://curiosaidentidade.blogspot.com/

dreamer disse...

poxa, é cada tipo de coisa q acontece nesse mundooo... =\

Rosemari disse...

É preciso tirar até na hora da morte ensinamentos para a vida.

Princesa disse...

Fico triste, meus sinceros sentimentos
a vida continua e concerteza seu amigo não o queria triste, e a morte não é o fim é apenas um novo começo
um beijo

Menina do Rio disse...

Nem sei o que te diga...

Deixo-te um abraço silencioso

VANUZA PANTALEÃO disse...

Cadinho,
Compartilho da tua maneira de pensar e da tua dor.
Meu sincero pesar, amigo.

Grata pelo Poema que me presenteaste!

Forte abraço!!!

Mamis disse...

Sinto muito por sua perda.

Suas palavras, tão fortes, tão sábias, me alcançaram rapidamente.

angela disse...

Tem muita coisa que mata e quando se perde alguem que se ama, sempre é injusto.
Sinto por você mais ainda por ele.
Abraços

Dri Viaro disse...

que tristeza meu amigo, meus sentimentos

bjs