Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

domingo, 28 de junho de 2009

DO ANDAR


Pelo caminhar a presença de caminhos que andam conosco
DO ANDAR

De um frio azul
Observo o céu
Escuro da noite
Em música enluarada.
Pensamento estrelado
Em voo que aterrissa
Num ir e vir de palavras
Ditadas pela ânsia do querer.
No andar do edifício
Paro e penso na
Construção de ideias.
O edifício caminha
Enquanto busco os pés
De outro caminhar.

Belo Horizonte, 28 junho 2009
PROPOSTAS
Propostas aparecem de todas as formas direções ocasiões. São aparições simpáticas agradáveis e em alguma outra circunstância chatas pedantes pesadas.
Propostas são propostas. Mas não é só isso. E nem tão simples quanto parece. Nada que também tenha que mergulhar em complexos raciocínios elucubrações. Propostas são propostas enquanto propostas. Mas quando escapam por anseios outros, elas passam a transmitir significado outro, gesto estranho ao que antes era só pura e simples proposta.
Propostas aparecem, mas também desaparecem.
Belo Horizonte, 20 maio 2006

13 comentários:

Cleo disse...

Um dos poemas mais lindos que já li aqui. Parabéns! Música enluarada, pensamento estrelado. Cadinho você é fantástico.
E propostas são propostas, eu te proponho...que tal colocar este poema numa tela?
Trabalho para um buscador de caminhos tantos.
Beijos com carinho, um feliz domingo cheio de idéias.
Cleo

Ava disse...

Cadinho...

Quantos caminhos percorremos em nossos caminhos...

E quando o fazemos com "pensamentos estrelados", fica melhor a caminhada...

Beijos!

rouxinol de Bernardim disse...

A beleza excelsa de uma escrita sem sombras de pecado...

HSLO disse...

Parabéns! Belo poema Cadinho.

Te desejo um ótimo domingo.

Abraços

KarolinaB disse...

Olá Cadinho
Te enviei um email.
Bom domingo pra vc.
Meu abraço

CHRISTINA MONTENEGRO disse...

Volto a lembrar a máxima taoísta: "O camimnho é ele mesmo, o caminhante e o caminhar"...
"Volto", porque lembro sempre (e muito) dela...
BJS!
http://curiosaidentidade.blogspot.com/

Ana Lúcia Porto disse...

Inspiradíssimo, se encontra...!!
Beijos,
Ana Lúcia.

Tetê disse...

Meu Rei!!

A gente vive em busca do caminhar do outro
!
Do andar do outro, lado a lado, na conjugação ideal do par.

Abçs!

Bill Falcão disse...

Nada melhor do que caminhos poéticos para percorrer!
Aquele abraço!

JuJu disse...

Adorei a poesia, meu caro. Bela amostra de como se aproveitar a vida, olhando aqueles belos detalhes que, a gente pensa que não, mas que fazem toda a diferença.
Passe lá no meu blog e deixe seu comentário!!!

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Cadinho,

Nós que gostamos de escrever, colocamos nossa emoção com tanto zelo, amamos tanto uma "cria", que quando vemos nossa escrita plagiada ou mutilada, viramos bicho.

Pelo menos, eu viro!

Obrigada pelo apoio, querido amigo.

Que sua semana seja de luz!

Rebeca

-

Janaina disse...

São vários caminhos que percorremos até sairmos de nós para encontrara o eixo e voltar ao normal.
Gostei de ver que você também personaliza tênis.Um abraço.

JuJu disse...

Bonito poema, meu caro!
...
Passe lá no meu blog e deixe seu comentário!!!