Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

segunda-feira, 8 de junho de 2009

SEM PARAR

Somos todos reféns das nossas necessidades
SEM PARAR
Passamos situações de momentos. Todos nós, qualquer um de nós, não importa quem sejamos porque existem circunstâncias que simplesmente não medem e nem distinguem nada e ninguém. Enquanto seres vivos somos reféns dos momentos e outro jeito não há pra se viver aqui onde vivemos neste planeta abarrotado de teorias e delírios. E o que concebemos como certeza hoje, amanhã poderá não passar de raso engano porque somos todos seres incertos e por consequência, iludidos por um mundo de certezas dos mais variados tons.
Por essas e outras é que de tudo que já fiz eis que faço hoje pintar camisetas e telas com dizeres que escrevi e escrevo pelo vagar desse tempo dito meu mas que meu não é porque o tempo é tanto de todo mundo quanto de ninguém. O que leva-me a vender camisetas, telas e dizeres por dinheiro que ganho para gastar porque ganhar dinheiro é algo tão inconsistente quanto gastar. Mas é assim que são as coisas todas, a vagarem por nosso vagar que não nasceu pra parar.
Belo Horizonte, 08 junho 2009
TRILHA DO TEMPO
São muitas as lições, recomendações, observações e ponderações feitas para que tenhamos êxito em obter aquilo que pretendemos. São poucas as passagens a permitirem que cheguemos a tudo que pretendemos, quando resolvemos partir pelos tantos artifícios a iludirem nossa crença antes carente de verdade. E a verdade é está em tudo aquilo que não falsifica, que não simula e que não fica entregue ao ajuste da conveniência no mais das vezes terminada em conflito.
A viagem da expectativa mostra o quanto é prudente estar sempre acordado para o que de fato estabelece a pura essência da busca. Mostra o quanto é importante estar em paz com a força que há na simplicidade do querer que acredita em sua plena existência. Mostra a beleza que há no natural envolvimento de cada parte do propósito a formar o todo desta ida que sabe para onde está indo. Até mesmo o cavalo Noturno percebe que quando caminhamos estamos indo para algum lugar. E mesmo que ele não saiba que lugar é este, há nele a postura da confiança silenciosa e mansa a seguir pela trilha que também passa a ser sua nossa. Somos o caminho do nosso caminhar, o passar do nosso presente e a presença do nosso futuro. Mas será que passado presente futuro são tão somente nosso? O nosso tempo será só nosso?
Belo Horizonte, 29 Dezembro 2005

13 comentários:

Vivian disse...

...o que nos distingue
um dos outros,
é justamente o que cada
um faz com seu tempo.

alguns primam pela excelência,
assim como você.

outros o desperdiça em nada
de útil,
e assim vamos seguindo
pela estrada do aprender...

bj, lindeza!

Ariel disse...

oieeeee
com o final de semestre está complicado ter tempo
:(
por isso não tenho vindo aqui te visitar
saudades amigo

bjinhos docinhos

DO disse...

Santas reflexões,hem cadinho.

abraços e uma otima semana à vc

Anjo vermelho disse...

O futuro é nos que fazemos por nossas escolhas que nos levam cada caminhos,mais o tempo o mundo a vida é cada um que faz por mais precidos que sejam os sentimentos..

obrigada!!
*-* fiquei supersa e felix com os selinhos...


beijinhos

Bandys disse...

Cadinho,
Deus te deu o dom portanto use e abuse.

O dinheiro não vem para ser problema e sim pra ser solução.
Uma otima semana
beijos
PS:Fico rindo de voce querer ficar imaginando minha cara, rsss sou uma mulher comum Cadinho.

Larissa. disse...

Muito boas suas reflexões. Lindo blog. Parabéns.
Tenha uma ótima semana.
bjs
;*

Rosemeire Polegato disse...

Cadinho procuro não pensar muito nessa minha caminhada, mas qdo leio algo tão profundo torna se impossível não pensar. A única certeza que tenho é que o tempo é demasiado curto, a caminhada é longa, tanto quanto a minha fé. As incertezas sempre existirão, mas as vezes gostaria de caminhar sem rumo sim, ir de encontro ao por do sol. Bjs

Bill Falcão disse...

Sim, é assim mesmo: "...o tempo é tanto de todo mundo quanto de ninguém."
Abraço!

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Cadinho,

Suas palavras são tão sinceras. Adoro!

Obrigada pelo carinho de sempre. Receber parabéns de pessoas que admiramos é muito bom.

Que sua semana seja de luz!

Rebeca


-

Barbara disse...

Não sei responder se o nosso tempo é só nosso.
No momento, vagueio, resolvi ser finalmente um pouco como a água, e assim vou tomando a forma do que a vida me apresenta.
Por enquanto nessa vivência.
Sem grandes quereres, sem grandes expectativas, apenas, no tempo , ou melhor, na água.
Flexível.

HSLO disse...

Cadinho, cada vez que passo por aqui, eu amo mais. Eu gosto mais...O seu espaço sempre ensina mais...fortifica.

abraços

Mariana Dore disse...

O que é hoje, pode não ser amanhã... e tudo muda e nós também...

;D

JuJu disse...

Sem falar que a razão de ser do dinheiro é a sua circulação. Dinheiro parado perde valor.
...
Passe lá no meu blog e deixe seu comentário!!!