Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

DESENCONTROS

De todas as síndromes eis que declaro-me possuído pela síndrome do amor

DESENCONTROS

Hoje e só hoje ouço falar numa tal de síndrome da pressa que atinge a número expressivo de pessoas porque estamos todos fadados a uma ou outra síndrome. Faz parte do mundo que estamos nele, é normal natural nos identificarmos com alguma síndrome que poderá, ou não, estar sendo devidamente catalogada pelos entendidos do assunto.

Síndrome da pressa, do pânico, da preguiça, do cansaço, do cinismo, da corrupção, da mentira, do poder, do egocentrismo, da imbecilidade, do voto, do dinheiro, da mesquinharia, do microfone, da escuta, da denúncia, da perseguição, do oportunismo e como não tem como fechar a lista finalizarei com a tão famosa síndrome do sexo.

É assim. Tem síndrome pra tudo e todos os gostos e haja terapia para tantos casos a gerarem outros numa sucessão a demonstrar que estamos mesmo é num mundo perdido em desencontros sem fim.

Belo Horizonte, 03 agosto 2009

Ré é um peixe jovem mas atento ao que há em sua volta. Resolve por isso dizer do que está na origem destes sete peixes. Vai ao século IX buscar Guido D’Arezzo, que viveu de 995 ao ano de 1050. Foi este beneditino italiano quem adotou vez por todas os nomes das notas musicais. Fez isto inspirado no Hino a São João, composto dois séculos antes por Paul Diacre Warnefried que viveu de 740 até 801.

Depois substituiu o Ut pelo que até hoje é o nosso Dó, dando às notas significado equivalente à Criação Divina.

Assim é que temos: Dó extraído de Dominus, Senhor, Deus Absoluto. Si sendo Sideraus Orbis que é o Universo. Lá de Via Láctea. Sol do sol. Fá sugerido por Fatum Orbis, o mundo planetário. Mi de Mistura Orbis que é a Terra colocada sob a dualidade do bem e do mal. Ré de Regina Astris que é a lua.

Assim é que Ré apresenta o que está inserido a este aquário cuja dimensão parece desafiar nosso propósito em querer comensura-lo.

Belo Horizonte, 25 Dezembro 2006

18 comentários:

Cleo disse...

Cadinho, você está com a síndrome do amor? Mas porque este desencontro?!?!?
Gostei deste peixe Ré, sabe tudo.
E você é um letrado em notas musicais, minha nossa.
Beijos doces com sons de dórémifásollási.

Cleo

DO disse...

Síndrome da pressa!!

Nunca tinha ouvido falar nisto.Será que sofro disto??

:0

Otima semana,Cadinho!!

Du disse...

Ótimo começar o dia e a semana com um texto assim! Hoje também estou possuída pela síndrome do amor e do sonho, ontem era pela síndrome da preguiça...rs e assim vamos administrando nossas síndromes todas, da melhor forma que nos convém!

Beijos, boa semana pra você!

Nanda disse...

A gente precisa ser muito zen, pra conseguir escapar das armadilhas dessas síndromes; eu ainda não atingi esse estágio, mas quem sabe chego lá? E sobre seu comentário na caverna, quando se trata de Ali Lulá, meu humor fica a beira da morte...rs - Mas tento mantê-lo, fiz até uma brincadeira nova, com charges de Lula, Sarney e Collor, ao som da música Alma Gêmea. Um abraço!

Dois Rios disse...

Cadinho,

O que sei é que está carecendoa muitos brasileiros é uma boa síndrome de honestidade. Que venha!

Beijos,
Inês

Martinha disse...

Gostei do primeiro texto! :)
Acho mesmo acertado... Isso é o síndrome de que muita gente sofre, ao (sobre)viver cada dia com rapidez, sem aproveitar o melhor que se proporciona!
Obrigada pela visita! Volte sempre. :)*

Dri Viaro disse...

Passando rap-10 pra desejar uma semana abençoada.
depois volto tá.
bjsss

Denise disse...

Sindrome = Síndrome é o agregado de sinais e sintomas associados a uma mesma patologia e que em seu conjunto definem o diagnóstico e o quadro clínico de uma condição médica. Em geral são um conjunto de determinados sintomas, de causa desconhecida ou em estudos, que são classificados, geralmente com o nome do cientista que o descreveu ou o nome que o cientista lhes atribuir. Um síndrome não caracteriza necessariamente uma só doença, mas um grupo de doenças.

este caso as doenças seriam Ego exacerbado,egoismo e falta de humanidade?
Ai ai ai........não posso crer que ficamos tão sós por sindrome da pressa.

Sou otimista demais para acreditar nisso.
beijos
Denise

RETIRO do ÉDEN disse...

Amigo,
Obga. pela sua visita/comentário no retiro.
Concordo...depois de tudo espremido o que falta, o que sobra... é mesmo o Amor!.

Abraço fraterno,
Mer

Hod disse...

Aloha Cadinho!!

Belos textos. E obrigado pelo gentil comentário ""sobre anergia da entrega numa carta de amor"!!!

Que a bençãos inundem sua semana!!

Forte abraço amigo!!
Aloha!
Hod.

Ava disse...

Cadinho.. Cadinho...rs

Ótima a tua Síndrome...

Mas minha é meio doída...

Sindrome da suadade...rs

Beijos, meu querido...

Vanna disse...

Hoje posso dizer q acabei c/ os desencontros do amor quando resolvi q gostar d quem nos proporciona bons momentos é encontrar e ficar. Nunca havia lido nada sobre a origem das notas musicais. Gostei.
Bjs, obrigada pelos parabéns. Ótima nova semana.

AFRICA EM POESIA disse...

meu amigo...


Depois do meu poema cansaço deixo este do meu livro"Salpicos de cá e de lá"...pag 50 e contra capa é para fazer uma pequena reflexão...

MININO"


Minino...Minino preto...
Minino de rua...
Minino roto...
Minino que brinca...
Na água do charco...
Minino que às vezes...
Tem fome...

Mas...
Minino que ri...
porque...
Tem beijo...
Tem amor...
Tem...
Pai e Mãe...Ali...
E fica a pensar...

Eu...
Minino preto...
Tem pouco...
Mas...
Tem muito...
Eu "sabe" rir...
Olho...
Ali...

O branco...
Que corre...
Que não pára...
Para ter muito...
Mas...
Que não ri...
Não sabe rir...
E tem...tudo...
Eu...

Minino preto
não tenho nada...
Mas tenho tudo...
Fecho os olhos...
E espero "ficà" grande...
Mas quero ...
Continuar a rir..
E ter...
O mundo...
Dentro da mão...


LILI LARANJO

Déia disse...

muita gente ta se desencontrando no amor...será que GPS ajudaria?
bjs

Lucretia disse...

Adorei esse texto sobre o Ré!
Não tinha ideia da origens das notas musicais e ainda me é mais interessante pq vem do latim (eu sou uma estudiosa da velha língua adormecida sim).

Obrigada pela visita ao meu site de traduções latinas. Espero que tenha gostado.

Patrícia Kobayashi disse...

Sindrome do amor, sempre bem vindo nos corações enamorados...

Obrigada pela visita ao Palavras!
Volte sempre!
abraço
boa semana

Daniel Savio disse...

Sindrome do sexo?!

Hum, acho interessante...

Hua, kkk, ha, ha, brincando um pouco, mas acabamos evoluindo, então aparecem novos problemas psicologicos, pois vai dizer que no século passado havia "estresse e depressão" para as pessoas?

No máximo, era um estado de tristeza, ou raiva, qualquer...

Fique com Deus, menino Cadinho.
Um abraço.

Paraguaya disse...

Olá.
Obrigada pela sua visita no meu blog e pelo comentário da postagem.

Gostei também do teu espaço e ja virei seguidora...rs

Um abraço.