Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

CONHECER

A pintura da camiseta aqui citada está em foto na coluna ao lado
CONHECER
É pelo desconhecido que temos a oportunidade de conhecer. Frase que pintei em camiseta a mostrar que se não nos permitirmos ao desconhecido é certo que abortaremos o nosso próprio conhecimento. E isso porque de nada adianta ficarmos limitados ao que já conhecemos, na ilusão de assim estarmos preservando o nosso ser não se sabe do quê. Sim, porque se não nos permitirmos ao desconhecido travamos todo viver que por sua vez estará exposto ao enorme risco do inesperado que está sempre solto por aí.
Para ser ainda mais simples, ainda que queiramos não teremos como evitar o desconhecido porque se não nascemos para saber tudo é evidente não haver em nós a capacidade do conhecimento pleno.
Belo Horizonte, 10 setembro 2009
QUERO É SER FELIZ
Quando penso que teremos semana mais amena, eis que surge notícia pra mostrar que se uma é ruim, outra pode ser pior. Em situação assim, melhor a fazer é não dar tanto sentido e tratar de buscar o que há de bom em nós mesmos, porque se depender do que anda à solta por aí, só colecionaremos chateação.
Esqueço o que há de ruim, até porque já sei que na próxima semana tem assunto bravo prontinho pra ser tratado. Mas, enquanto isso, cuido de colocar idéias pra cima, porque o que quero mesmo é ser feliz e se eu não buscar esta felicidade, ninguém buscará pra mim.
Belo Horizonte, 11 agosto 2007

11 comentários:

Cleo disse...

Eu não quero ser feliz. Eu já sou feliz.
Beijos Cadinho.
Cleo

Andresa disse...

Concordo amigo. Não devemos nos limitar e sim nos abrir para novos conhecimento, nunca saberemos tudo, mas teremos uma maior amplitude de nossa saber.

Um abraço
Andresa

Nanda disse...

AH! Infiltrar no desconhecido, romper barreiras, encarar aquilo que não se sabe é um dos desafios de todos nós! É desconehcendo que vamos conehcer! Gostei!

Renata Macedo disse...

ás vezes as coisas ruins que nos acontecem são boas para batalharmos por um futuro e presente prósperos! Bjks

Ava disse...

" ...se não nos permitimos ao desconhecido, travamos todo viver..."


Se permitir sempre!


E a realidade foi o delicioso encontro que tivemos com a Paula Barros...

Porque o desconhecido se apresenta de várias maneiras... pessoas, situações, sentimentos...

Sem medo de ser feliz!...rsrs

Beijos!


PS: Já em casa...altas madrugadas... ótima viagem...rs


Beijos!

Quinta-feira, Setembro 10, 2009 1:00:00 PM


PS:Fazendo umas correções...rs

Desnuda disse...

Está coberto de razão, Cadinho.


Um beijo

HSLO disse...

Amo o desconhecido. Estou sempre pronto pra aprender...

Gostei muito da postagem.


abraços

Hugo

carol sakurá disse...

Obrigada pela visita no meu blog!
Adorei seu espaço virtual.Adicionarei em meus favoritos.
De fato aprender a ler a vida é uma dádiva!
Abs!
carol
http://lepoeteenfleur.blogspot.com

paula barros disse...

E o então desconhecido Cadinho se fez conhecido, e foi bom demais, e é se permitindo ousar, e se fazer conhecer, e conhecer, sim, concordo, que nos conhecemos.

Foi ótimo, conhecer vocês.

beijos no coração.

Barbara disse...

Tá certo você.
Vivemos no cosmos em espiral e assim sendo, deveríamos estar abertos ao que não conhecemos, a movimentos não habituais, portanto...O QUE TEMOS DE ABSOLUTO ?

Janaina disse...

Cadinho, eu também sou feliz, minha vida é maravilhosa.Lembrei:se tudo der certo, em breve lhe encomendarei uma camisa,beijos.