Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

DO QUE JÁ NÃO SEI

Em 2007 eu já escrevia sobre o que hoje está mais do que evidente no que refere-se à política no Brasil

DO QUE JÁ NÃO SEI

Fico mesmo impressionado com quem se diz tão interessada em saber do que tenho feito e de como tenho passado sem, no entanto, dar a menor demonstração prática disso. É muita conversa que já não ilude minha paciência que por isso mesmo insiste em mostrar-me o quanto há de desgaste em aceitar convites que recebo para ida a tantos lugares. Não que eu não goste de ir, não é isso. Mas também já não aprecio e nem dou conta de ficar exposto a certos discursos.

Hoje tenho vida simples, sem carro e sem dinheiro para ficar por aí brincando com a vida. Do pouco que tenho tento sobreviver como posso e isso já exige de mim enorme desgaste emocional. Razão para que eu não me exponha a essas aglomerações em que encontro pessoas cohecidas que querem de mim o que já não sei.

Belo Horizonte, 03 setembro 2009

PERDIDOS NO PODER

É mais que evidente estarmos hoje num Brasil corrompido. Não há um dia sequer que passe sem o anúncio de acusações e tormentos que só fazem endurecer nossos corações.

A crise no controle aéreo brasileiro é a demonstração clara do quanto estamos à deriva. Mais evidente torna-se diante das manifestações de algumas autoridades a comprovarem o quanto estão perdidas no, ou pelo poder.

Nem faz tanto tempo, O Ministro Walfrido afirmava, com toda empáfia, não haver crise no tráfego aéreo nacional. Era só questão de ajuste frente ao movimento crescente nos aeroportos. Agora, na semana que passou, surge o Ministro Guido com a tese de que todo transtorno do óbvio descontrole a comprometer toda aviação nacional, é sinal de “prosperidade”.

Mas o que é isto Ministro? Deveremos então, em respeito à economia, massacrar a população?

Estamos diante de um Governo, cujos valores chegam à margem da degradação, justo quando diz ser social, muito social, totalmente social.

Belo Horizonte, 25 junho 2007

15 comentários:

Cleo disse...

Somos tratados como idiotas pelo governo, eu acredito que depois que falam estas bobagens todas na tv acabam rindo da nossa cara ainda.

Beijos e uma quinta sem estresse.
Cleo

adenilson disse...

o primeiro texto tm a ver com fofocas ?...acertei ?
xD~
essa preocupação dos outros desocupados e com uma vida desinteressante de xeretar a vida alheia ou comentar sob tal...

e o prbolema do brasil é sóCial ?

deve ser...até pq é o povo q vota.
e coloca os mesmo de sempre lá.
e pior q se não coloca eles entram pelo bueiro mais próximo e ficam lá impregnados...
democracia inutil =/

é isso =/
ai ai
abraços
boa kinta

Abb disse...

Eu também Roco, eu também!

Raelma Mousinho disse...

Acho que muitas vezes existe uma espécie de etiqueta social no fingimento em saber como estamos ou o que temos feito... Muitas vezes a pessoa realmente não quer, mas quer ser agradável. rs
Noutros casos, as pessoas estão sendo sinceras mesmo que usem o mesmo roteiro, nós é que estamos céticos demais (teoria da conspiração?) ou ávidos demais por solidão.
=)
Rah

Anônimo disse...

Oi, passei prá deixar um beijo!
Cleo

myra disse...

obrigada, pelas suas palavras,
um abraço,

Judite (Dite) disse...

Olá amigo!
Estou a ver que esta semana está um pouco triste.
Por vezes chegámos à conclusão que nos esforçamos para dar algo em troca mas que não valeu a pena tanto empenho. Mais vale ficar no nosso cantinho!
Anime-se!
Um beijo,
Judite

Ana disse...

Eu acho que as pessoas se interessam, verdadeiramente. Mas cadê tempo para uma conversa demorada, para a convivência?
A vida da gente anda muito atribulada, temos coisas demais para fazer.
O bom é quando a amizade chega num nível em que não há formalidades, em que a intimidade facilita o entendimento.
Tenho muitos amigos assim e acho que isso é uma grande sorte!

Ellen disse...

Pessoas de hoje não importam realmente com o que se passa para com outras pessoas. Podem demonstrar algum sentimento sendo que no fundo querem apenas ser gentis e que se preocupam... Porém não é verdade, são "poucos" realmente poucos os que estão a nossa volta e que querem que estejamos de bem com a vida e assim vice e versa.
Chega um momento, e este é nosso limite. Muita conversa das quais só iludem não colam mais...
Procuramos o que achamos melhor para nós...

Se expressa muito bem... Um beijo e se cuide!

Luma disse...

O que as pessoas conhecidas querem de você, talvez para demonstrar na prática, o interesse em saber o que tem feito ou como tenho passado. Mas é você que conhece seus amigos.
Faz parte da Literatura Histórica, oprimidos e opressores. Na política, a mesma coisa.
Beijus

Uma aprendiz disse...

Eu também não sei de mais nada. Se é que um dia eu soube.

beijo e uma linda sexta

Casal do Arrocha disse...

Passando pra deixar um cheiro!
Bjs...

A Itinerante - Neiva disse...

Cadinho,

Também prefiro ocupar-me com meus próprios interesses do que gastar tempo e dinheiro com aparições em reuniões inúteis e fúteis.

Abraços

Andresa disse...

Amigo
Desgaste? Somos maltratados emocionalmente, e sentimos o desprezo em nossa pele.

E não dão a minima para o que o povo pensa ou diz. MEsmo que descoberto os podres....

Eles sabem que sempre conseguem voltar ao poder...

Um grande abraço
Andresa Araujo

luluonthesky disse...

È uma vergonha a política nesse país.
Big Beijos