Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

DOS FOLHETOS

Detalhes do que é patrocinar os Folhetos Cadinho RoCo

DOS FOLHETOS

Tudo que escrevo e publico nos Folhetos Cadinho RoCo passa a ter singular conivência com o eterno, porque de minha parte cada um desses dizeres não será mais apagado. Mesmo aqueles vindos por inspiração de patrocínio ou mote comercial, permanecerão nos folhetos. Mesmo os que relatam lugares que já não mais existem, são preservados.

Por isso mesmo é que patrocinar os Folhetos Cadinho RoCo não é só uma questão de circunstância temporal. A vinda aos folhetos tem relação direta com o tempo da realidade de um tempo que como qualquer outro passa, mas que dá sustento às referências a comporem a nossa lembrança.

Belo Horizonte, 08 outubro 2009

DA CHINA

Agora sim faço uso do meu guarda-chuva grande enorme automático e cinza reluzente e no interior eis que apresentando-se com estampado azul-marinho bastante interessante.

Acordo cedo e ouço o barulho da chuva. E daí? Saio para comprar pão sem qualquer problema. Tenho o meu guarda-chuva e lá vou eu com ele à padaria.

Mas onde foi mesmo que perdi aquele outro guarda-chuva portátil e que serviu-me por tanto tempo? Chega a ser intrigante tal sumiço, até porque é sabido haver essa circunstância por demais relacionada aos guarda-chuvas. Eles somem como que por encanto. Por isso mesmo é que em tempos de chuva, surgem ambulantes de todos os lados oferecendo vendendo guarda-chuvas agora vindos da China, em surpreendente quantidade.

Belo Horizonte, 20 janeiro 2008

8 comentários:

Cleo disse...

Acreditar é o grande detalhe.
e os guarda-chuvas? é uma tralha que não podemos deixar de possuir, e ainda tem de combinar com o visual...rsrsrs.
o blog Perplexidade fez uma homenagem prá ti, vai lá.
Beijos.
Cleo

Elaine Barnes disse...

Para mim são descartáveis. Perco todos!rs... bjs

HSLO disse...

Muito importante seus folhetos...viu. abraços

Hugo

Anne Lieri disse...

Parabéns pelos seus folhetos!Quanto aos guarda chuvas tb vivemos perdendo aqui em casa!Adorei o design do seu!Sempre excelentes postagens!Abraços,

Beta disse...

Olá!
Retribuindo a visita!!!
Td bem???

Estarei por aqui sempre ok?

Abração!!!
Beta

Canto da Boca disse...

Olá, Cadinho, tudo bem?

Gostei imenso de ver a imagem de Nossa Senhora na nave do seu blog.
Como também da sua forma de perpetuar os sentimentos em seus escritos. Vim agradecer a gentil visita e convidá-lo para voltar ao Canto sempre que desejares.
Quanto à música ela nos envolve mesmo, não é? Eu tenho uma profunda ligação com a música africana, Cabo Verde em especial, e o poema, ah é só a descrição de Um certo Corcel, risos.

Abraço!
;)

VANUZA PANTALEÃO disse...

Cadinho, querido!
A eternidade dos teus folhetos são mais uma decorrência da beleza do teu excelente caráter e se o guarda-chuva sumiu é porque isso faz parte da natureza desses objetos que nos impedem de lavar corpo e alma...
Enfim, tentei ser um pouquinho poética, rsrs.
Beijinhos de finalzinho de semana!!!

Cleo disse...

Quero desejar-te boa viagem, sucesso na empreitada e quero também beijo na nuca, ai meu Deus.
Cleo