Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

terça-feira, 3 de novembro de 2009

ESTRANHA RECEPÇÃO

Na busca da compreensão por vezes somos surpreendidos pelo totalmente inesperado

ESTRANHA RECEPÇÃO

Cheguei em Grussaí, distrito de São João da Barra e de imediato quis estar com a prefeita.

Na prefeitura estranha sensação por não encontrar quem pudesse dizer onde é o gabinete da prefeita, até que chego após escadaria ao lugar indicado.

Cinco jovens conversa animada e interrompida por minha chegada ao gabinete da prefeita. Uma daquelas cinco vem e diz que a prefeita não está e nem sabe quando estará. Apresenta-se como secretária da secretária da prefeita que também não está.

Telefono mais tarde. O alô é de outra secretária, porque uma trabalha pela manhã e outra à tarde. Secretária e prefeita não apareceram ontem e nem hoje sexta-feira e não virão na segunda. Se eu quiser falar com a prefeita devo deixar meu nome numa lista de espera para marcação de possível dia e hora.

Agradeço, desligo o telefone e fico sem entender, porque quem diz querer falar comigo é a prefeita e não eu que, em princípio, tenho nada a dizer pra ela.

Belo Horizonte, 03 novembro 2009

MELHOR ASSIM

Tem dia que a vida fica mais difícil de ser levada. Mas nem por isso devemos dar tanta asa ao desânimo porque aí é que a dificuldade cresce pra valer.

Por esses dias sou levado a outros afazeres. Um olho na vida, outro nas camisetas. E a venda das camisetas em busca de novos caminhos. Acredito nas vendas e nos caminhos também.

Quer saber? Acredito em tudo porque só desconfiar cansa demais. E a desconfiança aborrece.

Tem uma tinta que não quer sair dos meus dedos. Poderia ficar irritado, mas não fico. Digo pra mim mesmo que isso é sinal de dinheiro que vai chegar. Acredito em tudo. Melhor assim.

Belo Horizonte, 04 fevereiro 2009

12 comentários:

Vivian disse...

...imagine você se véspera
de feriadão alguma repartição
se prestaria a trabalhar,
se eles não trabalham
desde sempre?

vim deixar beijos procê!

Daniel Savio disse...

Cara, estou mais para a segunda parte do teu texto...

Hua, kkk, ha, ha, pior que é sério.

Fique com Deus, menino Cadinho.
Um abraço.

angela disse...

Eles (oe politicos) estão cada vez mais descarados. Desculpe a palavra mas não acho outra melhores, só piores.
O jogo do contente ajuda,pelo menos deixa o semblante melhor e isso sempre melhora o contato com os outros.
beijos

myra disse...

voce tem tinta nos dedos, que nao sai, eu tenho toda minha roupa cheia de tinta! os dedos nem se digam, e si tem alguem perto de mim qdo estou pintando, sai tanbem todo pintado:)
um abraço, e continue com os dedos pintados!!!

Dri Viaro disse...

Bom dia, vim desejar uma semana abençoada por Deus.
bjsss

Mariana disse...

Parece que em todos os cantos do Brasil, a coisa pública não funciona.
Muito obrigada pelas explicações.
beijo e um grande abraço.

Tathiana disse...

Não é estranho que representantes do povo sejam tão inacessíveis?
Bjs.

DO disse...

Pois eu não deixaria barato e mandaria avisar a tal prefeita gazeteira que vc compareceu ao chamado dela. Se quiser falar consigo,agora ela que corra atras...
Abração,Cadinho

Bia Maia disse...

Cadinho...

Você é demais!
E é isto aí, meu amigo!

Como bons brasileiros que somos, não podemos DESISTIR NUNCA!!!!

Um beijo doce com muito carinho...e um DOCE novembro para você!

Biazinha

Lilá(s) disse...

Vim deixar um abraço

Pedro disse...

Muito interessante este blog.
Parabens...

Já agora visita www.diariosemtabaco.blogspot.com
O meu dia a dia sem tabaco.

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

...quanto a prefeita você queria que ela estivesse trabalhando?

Quanto a acreditar assim deve ser sempre. Se não se acredita, ainda mais em dias complicados, nada acontece mesmo.

Deixa a tinta nas mãos que mais camisetas serão pintadas então para que tirar?

Um beijo !

Sonia Regina.