Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

TÃO PRESENTE

Quando o dia nasce eis que estou em viagem

TÃO PRESENTE

Chega o dia da viagem e por isso é que chega em mim alegria incontida porque quero preciso ir. Minha vida não está aqui, está lá para onde vou.

Grussaí no calor da saudade que mexe com todo meu ser.

Grussaí no mistério da noite que passa por extensa estrada rumo a chegada tão esperada.

Grussaí que traz em si silencio capaz de exuberar o dizer que ecoa por toda vida.

Vou embora vou chegar.

Vou chegar vou respirar o ar de Grussaí que se faz tão presente em mim.

Belo Horizonte, 26 novembro 2009

NO QUARTO

Se o tempo parou

Cá estou

Mais velho sim

Quarto pintado cor marfim.

A presença daquela ruga acabou

Parede que tinta ocultou

Tanto eu em mim

Tanto sentimento assim.

Porque amo vivo

Neste quarto ninho

De todo meu carinho.

Porque vivo convivo

Com este amor cativo

Eu mais que eu sozinho.

Belo Horizonte, 24 novembro 2008

10 comentários:

T I N I N disse...

Aiiiii Cadinhoooo...
Que linnnndo!
Se voce soubesse o poder que tem de ME ARREPIAR, ME ENCANTAR, ME EMOCIONAR com suas palavras...E eu leio tanta coisa Cadinho, mas quando leio voce , me identifico, sei lá.
É muito especial para mim, realmente sou sua super fã!
Um beijão de sua admiradora...
T I N I N

REGINA GOULART SANTOS disse...

Bravo! Belíssimo Cadinho.
Tem muitos selinhos para ti, sem tarefas.
Quando puder, dê uma passadinha nas "Entrelinhas" e leve os que quiser.
É uma demonstração de amizade sincera.
Muitos beijos

Joéliton dos Santos disse...

Oi...tudo bem???
òtima postagem....

Tenha um lindo dia..
Fica com Deus.....
Té +++

Ava disse...

Vou aprender os caminhos dessa Grussaí...rs

Felicidades, meu querido... ONDE VOCE ESTIVER...

Ava disse...

Fechei o blog mas não fechei o coração...

Esse continua escancarado para os amigos queriso...rs

angela disse...

Que paixão! Merece ficar por lá. Já que te faz tão feliz.
beijos

Anuska disse...

É tão bom partir para poder regressar.

Sandra Botelho disse...

Grussai, terra pra onde até eu quero ir...
Bjos querido, floquinhos de felicidade prá ti e um montão de sucesse e reconhecimento tbem.
Bjos no coração doce artista poeta.

myra disse...

sim, o bom de partir é que depois voltamos ao nosso lugar... vamos ver si este comentario aparece,abraço,

paula barros disse...

É lindo, é gostoso, é fascinante ler você falando de Grussaí. Desse encontro com você mesmo.

É bom quando vivemos algo que gostamos muito e que nos faz bem.

Curta muito.

abraços