Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

PRESERVATIVO

Vindo do João da Barra

PRESERVATIVO

Palavras de João da Barra.

Quando o propósito é o de avançar crescer desenvolver não há razão para que daí colecionemos picuinhas, inimizades ou contendas. Mais eficaz é a busca do entendimento, mais solene é perceber a compreensão, mais sensato é admitir o que nem sempre conseguimos realizar tal como pretendíamos.

Tornar-se inacessível da noite para o dia não é algo que sugira bom agir. É pela força da aproximação que afastamos a desavença. É pela atenção acordada que deixamos de permitir que o mal cresça à sombra dos fatos. Uma coisa é investir no discurso da intenção, a outra é primeiro fazer para que depois possa o discurso mostrar o feito.

É sempre bom perceber que o problema nem sempre está na opinião dividida, mas na resistência em aceitar, para que não fiquemos reféns do isolamento.

Belo Horizonte, 15 dezembro 2009

SOMANDO

Sempre ouvi dizer que “lambari é pescado e jogo é jogado”. O Brasil nas semifinais da Copa do Mundo da França, continua apto a conquistar o seu quinto título mundial.

Com quatro artilheiros o Brasil na França chega a treze gols. Do número treze, se somarmos um mais três, chegaremos ao quatro.

No Brasil, o jogo contra a Holanda, está marcado para as quatro horas da tarde.

Sete de julho. Mês sete. Sete mais sete, quatorze. Um mais quatro, cinco. E o Brasil buscando o penta-campeonato.

Belo Horizonte, 06 julho 1998

7 comentários:

Daniel Savio disse...

Concordo com a parte do preservativo, mas que as vezes é dificil deixar as picuinhas de lado (mesmo recebendo um bom conselho).

Hua, kkk, ha, ha, vou me abster de falar a parte do jogo de futebol (nem torço para seleção imagina torcer por um time).

Fique com Deus, menino Cadinho.
Um abraço.

HSLO disse...

Precisamos nos permitir.


abraços
de luz e paz.


Hugo

claudete disse...

Disse bem Cadinho: tudo na vida passa primeiro pela aceitação, no dia em que compreendermos que não significa recuo ou ato de covardia diante das situações e sim um consenso que nos leva à difinicão do todo proposto caminharemos melhor coesos e firmes. Abraços .

.justlow disse...

Achei seu blog no de uma amiga minha , amei !quero te seguir e quero q me siga , visite meu blog :]
Assim poderei compartilhar da sua vida atráves do blog vc da minha !
bjos espero vc lá ok
;*

Cleo disse...

Mas este João da Barra é mesmo um mago do pensamento.
Beijos.
Cleo

Memória de Elefante disse...

Certíssimo o João da Barra, devemos sempre mostrar a intenção, que viemos e para tal é preciso fazer e depois realizar o discurso...


Um Abraço

Marlene disse...

Nós brasileiros sempre fazendo continhas, contando com a sorte. Sorte ou Síndrome de Zagallo rsrs

P.S
Te deixei um email, responda assim que puder ta?

Bjs
Mah