Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

quarta-feira, 28 de julho de 2010

PARTE DO JOGO

Ficamos sempre entre ganhos e perdas

PARTE DO JOGO

Batistão diz que tem vontade de sair por aí, mas sem ser reconhecido. Só que por outro lado, se deixa levar pela vaidade de muitas aparições.

Pergunta quer saber como eu, João da Barra, faço pra transitar por aí sem qualquer constrangimento. Digo que simplesmente vou e quando não quero ir não vou.

Mas, entendo realidade do Batistão que de tanto gostar de dinheiro termina por ter que suportar algumas abordagens, digamos, indigestas. Mas Batistão entende ser isso parte do jogo e por esse motivo é que por vezes não consegue ir onde de fato quer ir.

Belo Horizonte, 28 julho 2010

DERBAKA

Foi linda a aparição daquele som. A percussão do instrumento foi ganhando ambiente, doutrinando ouvidos e inquietando corpos.

Não era uma darbuka. Era uma derbaka.

Cheguei mais perto. Os dedos ágeis do percussionista na pele esticada causava arrepio. Braços em busca de gestos no K-Bab que respirava outra dimensão do tempo. E a música no encanto daquelas mulheres transpirando vida. Coração no palpitar do ventre, no balanço dos ombros, na ousadia das pernas, nos pés descalços, no dedilhar de delírios.

Era uma derbaka que é a darbuka libanesa. Se é assim, a darbuka é uma derbaka egípcia. Pensamentos em busca de lógica. E o estalo daquele toque a provocar imediata reação da sutileza de atento pandeiro. Colares, anéis, pulseiras e a beleza daquela tiara. K-Bab na sede de tanta sedução. Até que a derbaka inquieta, de um toque definitivo, instala o silencio.

Aplauso delirante.

Belo Horizonte, 22 novembro 2002

2 comentários:

ஐ¸.*Lady *.¸ஐ disse...

Olá!
Vim agradecer sua preciosa presença em meu cantinho.
Tudo aqui especial como sempre.
Tenha uma ótima noite.
Com carinho, Lady.

Bruna disse...

Saudades desse blog...
emocionante como sempre!