Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

domingo, 19 de setembro de 2010

DOIS DESTAQUES

Não dá para tratar como assunto menor o que nos ameaça de maneira frontal

DOIS DESTAQUES

Dois assuntos intrigantes.

Jornal O Globo de domingo, 12 setembro, traz matéria mostrando precariedade de informação do eleitorado brasileiro no interior pernambucano. Gente que diz sem reserva não entender nada que dizem os políticos, mas que votam em quem Lula mandar.

Não é preciso ir longe. No interior de São João da Barra – SJDB a realidade é semelhante, ainda que o mandante não seja Lula e sim o que negocia os votos.

Jornal Folha da Manhã de domingo, 12 setembro, traz notícia de que a criminalidade em SJDB já é 80% maior do que de todo ano de 2009. Mas a Polícia Militar não observa nenhuma influência vinda das obras do Porto do Açu porque as vítimas não são de lá. Mas o que é isso? Que raciocínio mais simplório é esse? E na matéria aparece a Cidade X como esperança para SJDB.

Mas será que não percebem haver aí enorme desrespeito a SJDB em todos os sentidos?

A Folha da Manhã é jornal importante demais para não dar maior atenção ao que publica. É preciso tratar com mais cuidado sobre a segurança e preservação da cidade de SJDB que tem história de sobra pra reagir a uma matéria que parece não perceber a dimensão do seu próprio tema.

Belo Horizonte, 19 setembro 2010

E Belo Horizonte?

No mapa do Circuito Estrada Real, publicado pela Federação das Indústrias de Minas Gerais - FIEMG por intermédio do seu Instituto Estrada Real, com apoio da EMBRATUR, Ministério do Turismo, Governo do Brasil e de Minas Gerais, encontra-se a lista dos municípios que integram o circuito. Pelos mais de 1400 Km da Estrada Real, a presença de 177 municípios, sendo que 162 deles em Minas Gerais, 8 no Estado do Rio de Janeiro e 7 no Estado de São Paulo. Da lista, a cidade do Rio de Janeiro aparece como única capital de Estado. E Belo Horizonte? Ninguém sentiu sua ausência?

É triste perceber que a cidade sede da FIEMG, do Instituto Estrada Real e do Governo do Estado de Minas Gerais, não existe para este circuito. Mais triste ainda é perceber a mais completa indiferença quanto ao mais completo desprezo a esta Belo Horizonte, cidade que acolhe com tanto carinho autoridades, empresários, industriais e toda sorte de gente vinda literalmente de todas as cidades relacionadas no mapa, para não dizer de tantas outras nacionais e estrangeiras, desde os tempos do Brasil Colônia.

Belo Horizonte, 09 dezembro 2010

11 comentários:

Daniel Savio disse...

O pessoal acha que criar um novo sonho vai ser a solução para a vida própria, mas a solução real seria consertar o sonho que está em curso...

Fique com Deus, menino Cadinho.
Um abraço.

Mariana disse...

Este país está cada dia mais lamentável.
Enquanto o povo não tiver educação e capacidade para ver as coisas como elas são, "eles" estarão sempre dominando o poder...
Democracia...sem consciência política não adianta nada.
Hj postei um texto mt interessante de uma jornalista:o congresso fez por merecer o Tiririca..
é triste, e de lamentar.
Tenhas uma linda tarde de domingo.
abraços

HSLO disse...

Ótimo destaque o primeiro...viu.
abraços
de luz e paz

menina fê disse...

cadinho,
BH e o resto do brasil sofre com o esquecimento diante do grande sudeste.

bjs meus

Belle disse...

É... mto triste essa realidade...
Obrigada pela visita.
bjos

Isa mar disse...

Nesses assuntos sou leiga, mas vou acompanhando e é lamentável mesmo
Beijos e uma ótima semana pra você!

Guará Matos disse...

Na maioria das cidades do interior, principalmente da Regiões Norte e Nordeste e Minas Gerais, quem manda no voto dos eleitores é o "chefe". Pode ser o prefeito, ou o deputado.

Viva a sangria da consciência!

Abraços e valeu pela importante visita.
_____
Mantenho um bar virtual que se chama: BLABÇABLA NO TELECOTECO/ http://blablablanotelecoteco.blogspot.com
Pinta por lá, reservamos sua mesa, hahaha!

Flor de Lótus disse...

E meu caro Cadinho!Esse é o nosso Brasil onde o povo vende o voto por quase nada, onde a educação é uma vergonha e por isso tanta gente não entende o que os políticos dizem e assim vai... E parece que tão cedo nada vai mudar, infelizmente.
Uma ótima semana!
Beijosss

Ira Buscacio disse...

Cadinho,

A verdade é que somos um país de poucos.
A grande massa é esquecida e qnt mais esquecida, mais manipulável.
Obrigada pelo comentário.
Volte sempre,
Um Bj

Cris disse...

Nsci e sempre fui moradora de uma cidade da Grande São Paulo.
Durante um tempo, a criminalidade sempre foi atribuída à minha cidade, pois, pasme, uma das únicas delegacias de polícia da região, estava localizada em minha cidade, potanto, todos os crimes (cometidos nas cidades próximas)eram registrados e atribuídos como sendo "nosso". Com o crescimento urbano e os destaques políticos, tudo mudou. Hoje, somos uma "grande cidade".
Será mesmo?
Fico pensando até onde vai o oportunismo político.

Penso que o oportunismo fala mais alto que o bom senso.
Enfim...
Eu não voto em quem Lula mandar!
Grata pela participação!

*YLLENAH* SM disse...

O voto de cabresto só mudou de capa... mas continua... o povo (e muito povo) continua com vendas nos olhos, alias com todo aparato que cega a inteligência e a consciência.

Ô povo burro!

Se brincar dentro em pouco o Brasil se torna filial da Venezuela!...
Afff...


yllenah