Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

terça-feira, 5 de outubro de 2010

CARÊNCIA DE COMPETÊNCIA

Com segurança não dá pra brincar

CARÊNCIA DE COMPETÊNCIA

A notícia de assalto dentro de um ônibus da Campostur vindo de São João da Barra – SJDB para Campos é mais do que simples sinal de alerta.

Quando foi anunciado aumento de oitenta por cento da criminalidade entre 2009 e 2010, ainda em curso, em SJDB, a Polícia Militar tratou logo de vir a público pra dizer que tal índice está relacionado ao tráfico de drogas e não às obras do Porto do Açu, como se não houvesse nenhuma ligação entre inchaço de pessoas e consumo de drogas.

A segurança de SJDB precisa estar mais esperta. Sujeito é demitido do seu emprego no Açu, mas ao invés de ir embora pra sua terra resolve ficar em SJDB. O dinheiro acaba outro trabalho não surge e aí? Lógico que o moço não tem mais vínculo com a obra do Açu, mas é lógico também que foi por causa da obra que ele apareceu e no desespero foi induzido a fazer o que não deve.

A segurança tem relação direta com o crescimento de SJDB que já demonstra ausência de competência na prestação de serviços essenciais. A população não pode aceitar isso sem reagir porque trata-se de obrigação da administração pública cuidar bem e com segurança de toda SJDB.

Belo Horizonte, 05 outubro 2010

VIDA SALGADA

Chuva água enxurrada lavando e levando tudo. Água que desce do morro barro e acha caminho riacho rio que vai para o mar.

Sou água rio indo para o mar. Assim é que busco banho da paciência tão transparente quanto a água, minha doce salgada Taís.

Chuva água vinda do céu nuvem que engorda nascente, acorda enxurrada e fortalece riacho rio que vai para o mar. Tudo parece ir para o salgar do mar. Tudo parece vir do sal que sai do corpo água vida que passa por temporais e estiagens. E a paciência espaço que voa no ser dela que encontra viver na vida da gente. Mas, a água, ainda que vinda do céu, não voa. Água desliza, passa, escorrega, esparrama, corre.

Chuva no pensamento que ainda navega seguindo trilha de cada acontecimento com fome de paciência. Vem sede no engolir da água rio que continua indo para no mar.

Senhora do Carmo, 29 março 2004

14 comentários:

ONG ALERTA disse...

A água limpa por onde passa, um abraço Lisette.

Kée disse...

Oi Cadinho =]
sim, vocês têm acesso aos comentários de todos os posts. Logo abaixo do meu nome está o link. Talvez tenha ocorrido um erro na hora de carregar a página e não tenha exibido nada, ou, se estava escrito algo como (0)x0=0 é também o link para a caixa de comentários, querendo dizer que não tinha nenhum ainda .-.
Obrigada por perguntar e desculpe a confusão ;*

C. disse...

Em busca de uma fonte de água doce para ficar embaixo e deixar levar meus pensamentos salgados...

diadebrilho disse...

Obrigada pela visita no blog!

SrtA. L. disse...

Querido,

Adorei tua espiadinha em meu espaço...rsrs

Vim retribuir a visita e me deparei com lindas telas e

textos inteligentes...Parabéns!!!

Beijo doce,

;)

Mônica disse...

Cadinho
Eu adoro vim até aqui. E vá até Perdoes. A cidade cresceu muito! Eu moro bem pertinho em Santo Antônio do Amparo

Insegurança a gente sente em todo lugar. Será por que existe tanta maldade e tanta vontade de pessoas doubar, matar, brigar?
O que aconteceu com o ser humanos?
com carinho MOnica

Marilu disse...

Querido amigo, a criminalidade está aumentando a cada dia, agora mesmo minha filha me ligou, dizendo que no prédio em que ela trabalha na Av. Paulista, um ladrão tentou assaltar um casa de cambio e saiu de lá morto. Dos males o menor, pelo menos dessa vez foi o ladrão que morreu. Ou se investe em seguração ou todos nós somos reféns. Beijocas

Mari Amorim disse...

Cadinho,
Paciência..
Boas energias,
Mari

Sheila disse...

É muito importante, ter os olhos e os sentidos aguçados, vemos e nos preocupamos com a vida.Afinal,
vivemos os problemas,mas graças a Deus temos a oportunidade de sonhar pintando, reproduzindo criando,beleza e escrevendo para aliviar um pouco a alma.Abraços,visite da Alma ao Papel.

Érica disse...

Minha mente vive na inudação de muuuuitos pensamentos!

bjO

Multiolhares disse...

a água pode limpar por onde passa mas o mar tem também o sal das lágrimas doridas de um povo
Bj

biazinha disse...

Tudo que seja em excesso não é bom !

biazinha disse...

Tudo que seja em excesso não é bom !

Deia disse...

A criminalidade assusta, ainda mais por se espalhar além das fronteiras das grandes cidades - deixa de ser um fenômeno característico da aglomeração urbana e passa a ser uma úlcera em toda a sociedade.
Quanto ao poema, me encantei com a musicalidade. Quase pude ouví-lo declamando acompanhado por um piano. Parabéns! Um beijo, Deia