Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

domingo, 24 de outubro de 2010

SILENCIO SIBIPIRUNA

As Sibipirunas são lindas

SILENCIO SIBIPIRUNA

Observo a Sibipiruna viçosa, linda, florida, primaveril e penso comigo no quanto penso em bobagens esparramadas por esse meu nosso cotidiano.

Nunca vi uma Sibipiruna na praia, mas ela aos meus olhos transmite encanto a promover verdadeira paz pequenas flores amarelas a salpicarem de ternura o verde da folhagem acalorada pelo sol.

Tanto poderia eu dizer aqui tendo a Sibipiruna como referência, mas digo nada não. Aprendo com a árvore a beleza que há no silencio.

Vontade de levar muda de Sibipiruna pra praia.

Belo Horizonte, 24 outubro 2010

ILHAS CABO VERDE

Vamos embora Taís, para as Ilhas Cabo Verde. O arquipélago é bom, solto na paz oceânica do Atlântico, longe o bastante de tanta confusão a confundir a gente.

Vamos embora Taís, para a vida cabo-verdiana. Passaremos por todas aquelas ilhas vulcânicas de São Vicente, Santo Antão e Santa Luzia. Depois iremos para a Ilha do Fogo, Ilha Brava e a de Maio. Nas Ilhas Cabo Verde é que está a felicidade. Vem brisa da Ilha do Sal, de São Nicolau e da Boa Vista. Mas é na Ilha de Santiago, na Cidade da Praia, que repousaremos nossos corpos com sonhos deslumbrantes.

Vamos Taís, para o arquipélago Cabo Verde. Lá aprenderemos a conversar no dialeto crioulo ensinado pela Dilmanela, cuja alegria traz mais puro sorriso praiense.

Vamos Taís, vamos às praias das ilhas Cabo Verde, feitas em ondas do mais puro amor oceânico. E quando já exaustos de tudo, lá tem lua bonita vinda do mar aberto a inspirar toda sombra de nossa luz.

Vamos Taís, vamos para as Ilhas Cabo Verde.

Belo Horizonte, 04 junho 2004

13 comentários:

Daniel Savio disse...

Mas tem muitas flores do campo que são tão simples (e desconhecidas), mas competem com a beleza de flores que conhecemos comumente, como rosa...

Fique com Deus, menino Cadinho.
Um abraço.

Vivian disse...

...não só as Sibipirunas, como toda
a natureza é silenciosa, contém paz, trabalhando em perfeita
harmonia, esta que o homem
quando a tem, destrói em nome
da modernidade, da pressa,
da ânsia de seguir para
lugar nenhum.

belíssima reflexão!!

bj, querido...

ana disse...

adorei seu blog bj

Marilu disse...

Querido amigo, tenha um lindo final de semana. Beijocas

Juci Barros disse...

"Aprendo com a árvore a beleza que há no silêncio."
Incrível!
Beijos.

Bill Falcão disse...

As árvores nos ensinam, é fato!
abraços!

Conceição disse...

Olá! Gostei das suas reflexões, a beleza do silêncio da natureza é infinita e harmoniosa! E as ilhas de Cabo Verde...quem me dera poder ir lá e conhecer algo que sem querer faz parte de mim, as origens de alguém querido que faleceu. Beijinhos

Mônica disse...

Cadinho
Eu gosto muito das árvores mas só sei fiferenciar o ipê .Já mamae conhece quase todas, mas esta ela esqueceu.
com carinho MOnica

Mônica disse...

Cadinho
Mamae acabou de lembrar. Disse que papai não plantou na nossa ex fazenda porque tinha muita abelha que os empregados tiravam mel. E esta flor mata as abelhas, porque as abelhas ficam grudadas em sua flor .
Ainda bem que ela lembrou a tempo
Tudo tem história nesta vida de 79 anos.
.com carinho MOnica

vidaslife disse...

Também gosto do silencio da natureza, da paz que ela transmite., lindo seu texto, e quem me dera conhecer as ilhas de Cabo verde, deve ser maravilho presenciar um lugar como este. Deus o abençoe. Um abraço.

vidaslife disse...

Também gosto do silencio da natureza, da paz que ela transmite., lindo seu texto, e quem me dera conhecer as ilhas de Cabo verde, deve ser maravilho presenciar um lugar como este. Deus o abençoe. Um abraço.

cris disse...

Ah sibipiruna, que beleza majestosa!
Tenha um bom restinho de domingo e uma ótima semana!

JuJu disse...

Você acabou de me dar vontade de saber como é que é uma Sibipiruna...
...
Passe lá no meu blog e deixe seu comentário!!!