Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

TÃO BOM!

Começo a ver o que é ver de novo

TÃO BOM!

Quando o dia amanhece em luz a despertar o arder amigo do olho operado, percebo o nascer de novas imagens ao novo viver do meu enxergar que aprende a ver agora de uma outra maneira.

São muitas as maneiras de dar sentido aos nossos sentidos. São muitas as maneiras de entender o que vai e vem em nós, de nós e para nós. Na prática, o discurso da teoria não faz mais do que ensaiar o fazer do que então representa nosso feito.

O olho pesado pela constante presença das imagens, busca de cada movimento o foco do que então corrige o exercício do enxergar.

Ver é tão bom!

Belo Horizonte, 07 outubro 2010

PARA RAQUEL

Quando o outro tempo vira o mesmo, repete-se a história. É pois o que parece acontecer com o tal casal, graciosa Taís.

“Raquel, amo você. Volta pra mim. Agnaldo.” A mensagem está escrita sobre o negro asfalto da rua, em gordas letras pintadas de branco, próxima ao rebaixado da calçada, bem em frente ao portão da garagem daquela casa. Passo pela tal rua diariamente e observo distraído a tal casa alta e quieta em seu canto. Da noite para o dia ela transforma-se em palácio, templo, morada da amadíssima Raquel, que certamente terá chance nenhuma em não ver a mensagem escrita à sua porta. Poderá até ignorar, mas deixar de percebe-la, jamais.

Agnaldo fez tudo que não deveria fazer. Mas fez e está feito Raquel. O amor do moço superou a razão, falou escreveu mais alto e deu no que deu. Esqueceu de considerar privacidade tornando público endereço de seu propósito paixão desenfreada. Sujeito decidido e perigoso esse tal de Agnaldo.

Ao ler o que não estava escrito para mim, mas que escrito estava ao público, busquei logo reação de Raquel. O espanto fúria deve te-la transtornado. Rido ou chorado? Nem reação, nem outra. Sangue congelado nas veias deve ter do absurdo buscado razão.

Fato é que agora sei morar ali a Raquel., mulher extraordinária, firme e irredutível em seu propósito. Mas quem será esta Raquel?

Já o Agnaldo...

Belo Horizonte, 12 abril 2004

14 comentários:

Marilu disse...

Querido amigo, que lindas telas. Amei. Beijocas

Dona Sra. Urtigão disse...

Boas notícias...

Ana Miranda disse...

Ver, enxergar, olhar, perceber, notar, compreender, reparar, atentar, distinguir, , etc...
Nem todos têm essa capacidade...
Eu gostaria de ter.

Cantinho da Cê disse...

Fico feliz que você já esteja bem da cirurgia...

Beijos,

Josiane Cristina Armani Dagort disse...

"...Sao muistas as maneiras de dar sentidoao nosso sentido..."
e tenho procurado a minha maneira que esta perdida na bagunça e cnfusao de meus dias...de minha mente...
J^^h

claudete disse...

Ver e enxergar...Exercícios que nos fazem estabelecer as diferenças entre o real e o imaginário...Como é bom ver! Fico feliz por você! Beijos no coração.

Dois Rios disse...

Oi, Cadinho!

O teu primeito texto remeteu-me a uma frase de Saramago no livro Ensaio Sobre a Cegueira.

"Se podes olhar, vê. Se podes ver, repara."

Como trafegastes por ambos os lados (ver mal e ver bem), creio que agora sabes dar o real valor em "reparar" a vida.



Beijo grande,
Inês

Dilberto L. Rosa disse...

Belíssima forma poética que encontraste de te expor, junto aos teus olhos, que se reabrem... Parabéns por tantas (re)descobertas! Mesmo com final em aberto, feliz também pelo Agnaldo e pela Raquel, pela bela história de amor! Abração!

gabyshiffer disse...

Lindo o colorido das suas telas...
Quanto ao meu post, sim eu esqueci de dizer que tinha falado com um especialista, pq na matéria completa quando vc clica contine lendo tem tudo inclusive o nosso especialista aqui na minha cidade, doutorado e todo e dono da melhor e maior clinica daqui. Ele é mestre e me deu entrevista sobre implantodontia.
Sempre que posso coloco no meu site o www.portaltudoaqui.com.br entrevistas que eu mesma faço.E no caso não foi tirado da net. Pode ler o artigo completo lá no tudoaqui que vc vai ver.
Obrigada pela visita.
Boa tarde pra vc

O mundo é como um espelho que devolve a cada pessoa o reflexo de seus próprios pensamentos. A maneira como você encara a vida é que faz toda a diferença. (Luiz Fernando Veríssimo)

Trivia disse...

Agora já pode nadar(sem óculos) e ver bem. :)

Ah, obrigada pela informação, isso do ciúme teria muita lógica, se a foto tivesse sido cortada pelo namorado, mas fui eu mesma quem cortou a foto, e isso só quer dizer que não gostei da cara na foto então tirei e ás vezes fica melhor. Tem razão, gosto é uma coisa muito pessoal. É como opinião.

Obrigada por visitar o blog*

Ivania santos By DIAMOND disse...

Belos posts

... ADORO <3

Mariana disse...

Os nossos sentidos precisam estar bem atentos. e sabermos usá-los da melhor forma.
beijos

Rosangela Neri disse...

Amei...

Adoro seu blog!

Beijinhos carinhosos

Daniel Savio disse...

Que boma a tua operação foi tranquila e, principalmente, que você se recupera...

Fique com Deus, menino Cadinho.
Um abraço.