Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

domingo, 10 de outubro de 2010

VIRTUDE

Sem o acreditar tudo é dúvida

VIRTUDE

A questão não se limita ao enxergar, por estender-se ao acreditar. O que não crê naquilo que não consegue ver, também não consegue enxergar o que de fato há além visão.

Quanto mais olho, mais exercito meus olhos para que deles eu possa obter resposta das imagens.

Quando rendo graças aos meus olhos, maior é a resposta que deles obtenho, pela graça de serem meus olhos consagrados pela virtude da visão.

Belo Horizonte, 10 outubro 2010

AO SUCEDER DO AMANHÃ

Em outros tempos hoje seria dia de muita agitação em meu íntimo. Mas mundo vai mudando, gente vai crescendo e buscando entender sentido de cada sentido, cujo significado faz-se menos rigoroso no anseio.

Bem próximo ao Palácio da Liberdade converso no imaginado com você Taís, que ouve comenta sobre esse aquele traço do que oferece surpresa e graça. Juliana aparece numa candura só. Ela toda assim ouvindo dizendo de sua experiência trabalho que oferece a ela singular imponência. Gente simples e querida por quem telefona querendo conversa que ela promete dar sustento tão logo tenha uma folga. Agora, Juliana está ocupada pela atenção que gosta de dedicar às pessoas. O que é mesmo de simpática virtude.

Dia hoje promete amanhã caloroso. E assim tudo vai acontecendo por alguma outra coincidência de causar espanto. Justo com quem eu precisava falar, aparece como que por encanto em meu caminho. É coisa gesto sinal de Deus? Melhor guardar pergunta e soltar a crença ao coração animado por estar tudo acontecendo certinho e no de acordo da intenção. Resta agora, esperar o que hoje está feito para o suceder do amanhã.

Belo Horizonte, 03 maio 2004


8 comentários:

Maria Luisa Adães disse...

Cadinho

Grata por sua presença nos meus "Direitos Esquecidos".

Gostei de sua forma de escrever
e da música ritmica que se desprende de suas palavras que correm e me fazem correr apressada,
para as não perder!

Adorei o encontro. Volte sempre!

Maria Luísa

miguel disse...

Maravilhoso texto, inteligente e muito bem redigido, como disse Maria Luiza, há ritmo em suas palavras que nos faz participarmos até o final do texto. Parabéns, e muito grato pela visita em nosso blog. Estarei sempre por aqui mesmo porque vc já está nos meus favoritos...miguel.

Daniel Savio disse...

Engraçado, penso que que muitas pessoas se tornamra credulas, pois acreditam em tudo a que veem, mesmo sendo contraditório (principalmente no que se trata de politica)...

Fique com Deus, menino Cadinho.
Um abraço.

Branca disse...

Ver, além do óbvio, enxergar, com o coração...sabendo que nossas ações transformarão o nosso amanhã - em caloroso amanhã!

Belo post!
Bom domingo Cadinho, bjos!

Sonhadora disse...

Meu querido
passando para deixar o meu carinho e um beijinho.

Sonhadora

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Sim, o Tempo. O nosso olhar não é o mesmo. És homem e não criança. Sabes. Belos textos*
Abraço amigo para a noite e dia da sua Vida.


"Imenso amor o meu, de tal jaez

Que minha alma, liberta da couraça

Do egoísmo, da mágoa, da aridez,

Vive no espaço que esse amor lhe traça.



Dia após dia, mês depois de mês,

Sigo teus passos, preso à tua graça.

És a resposta a todos os porquês

E a afirmação de que nem tudo passa.



Quando disseste “vem comigo”, eu vim

Pois eras a esperança, eras meu sonho

Mais divino, mais puro, mais pudico.



Como a lei natural impõe um fim,

Morra eu, que de matéria me componho,

Mas nunca morra o amor que te dedico."

By Renata Cordeiro

Vou ficar contigo, te sigo, ai que não gosto desta palavra. Fica comigo, é um pedido, não uma ordem. Precisamos uns dos outros.
Renata

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Ps: Se quiseres, tens opções:)))
Renata

JuJu disse...

Você me pareceu bem inspirado e feliz hoje, hein! Legal!
...
Passe lá no meu blog e deixe seu comentário!!!