Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

sábado, 26 de março de 2011

FAÇANHA PRESIDENCIAL

Primeiro texto de série relacionada ao encontro de João da Barra com família Obama

FAÇANHA PRESIDENCIAL

João da Barra diz que tudo aconteceu de maneira rápida inusitada. Foi localizado pelos americanos e recebeu contato de uma mulher brasileira que disse precisar tratar com ele assunto de muita importância.

João da Barra é homem de natureza simples, detesta complicar as coisas e colocou-se atento ao que a mulher tinha a dizer, ela meio afobada foi logo anunciando necessidade de ter disponibilidade dele para domingo, 20 de março. É que o Presidente dos Estados Unidos da América, Barack Obama e sua esposa Michelle faziam questão absoluta de conhecê-lo pessoalmente em encontro encarado como segredo de estado.

João da Barra não manifestou qualquer incômodo e colocou-se disponível para o que queriam. Ela então já bem mais aliviada disse que retornaria em breve para acertar detalhes de como tudo estava para acontecer. Perguntou se João da Barra possuía painéis Cadinho RoCo., óleo sobre tela, posto que Presidente manifestou interesse em conhecê-los.

Belo Horizonte, 26 março 2011

HAVAÍ ALI

Oceano Pacífico, Ilhas do Havaí.

Se o oceano é pacífico, que a paz esteja neste nosso navegar, é o que diz o peixe macho Ré. As fêmeas Mi, Si dançam, elas literalmente dançam pela transparência da água, numa viagem sem pressa em que Ré salta deixando todo brilho do seu corpo exposto ao céu oceânico.

Cadê Sandrinha que pode estar em qualquer lugar deste Havaí Honolulu.

Honolulu, Honolulu/ Olha aí o Havaí/ Honolulu, Honolulu/ Alguém viu Sandrinha por aí?

E os peixes cantam dançam e batem com dorso na água, jeito deles de aplaudir.

Honolulu, Honolulu/ Viemos lá dos mares do sul/ Bilu-bilu, bilu-bilu.

E assim todo esforço desses peixes é celebrado pelo que Ré diz ser mais que necessário, por entender que ficamos mais fracos quando desprezamos força que temos.

A força existe, para que nossa fraqueza seja entendida por ela.

Honolulu, Honolulu/ Segura a ilha Sandrinha/ Segura a filha mãezinha.

Belo Horizonte, 13 fevereiro 2007

2 comentários:

Lu Nogfer disse...

Ola Cadinho!

Primeiro agradeço sua visita e comentario no atitude.Voce sera mt bem vindo sempre que quiser nos visitar!

Uma delicia ler seus textos!Mt bons!

Eu amo pintura abstrada.
Acho que esconde e ao mesmo tempo revela um certo ar de misterio que me fascina!
Suas telas sao lindas,parabens!

Voltarei outras vezes!

Beijos e otimo fds!

Fa menor disse...

Passando para te ler.

Olha, gostei dessa frase no post aí em baixo:
"Nunca diga a alguém que não sabe fazer o que você precisa fazer."

Devemos sempre pensar:
Eu quero, eu sei, eu posso!

:)

Obrigada pela visita!