Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

CONVERSA MANÉ


É sempre muito bom sermos levados a criar
Soneto dedicado ao Café Viver
do Morar Mais por Menos/BH-2012
a pedido da decoradora Patrícia Satler.
CONVERSA MANÉ
Ame com fé
Tome café
Decore com amor
Aprecie o sabor.
Tome café
Com fervor
Converse Mané
Porque todo assunto é
Razão pra calor
No ferver da vida
Que sempre convida
Você a crescer.
Seja vinda e ida
Perceba o quanto é bom viver
Morando bem e amando pra valer.

Belo Horizonte, 20 agosto 2012
RESPEITO
     Mas é evidente que devemos sim defender o que é nosso, ainda que numa dimensão mais profunda cheguemos à conclusão de que na verdade da verdade nada é definitivamente nosso. Mas o que eu João da Barra digo repito digo e digo é que devemos sim preservar a nossa liberdade e agir pela manutenção do nosso querer. No entanto, não somos seres isolados e por natureza somos seres dependentes de outros seres. Por isso é que não dá para pura e simplesmente ignorar o que o outro conquistou, ainda que discordemos dessa conquista.
     Na realidade, quando deixamos de respeitar passamos a permitir que também não sejamos respeitados e sem o tal do respeito, todo relacionamento passa a ficar confuso, perigoso, instável e degradante.
Belo Horizonte, 27 março 2012

7 comentários:

✿ chica disse...

Adorei o poema bem ritmado..Sempre gosto de passar aqui!

abração,linda semana e tuuuuuuuuuuuuuuuuuuudo de bom!chica

Ingrid disse...

deixo beijos Cadinho..
gostei!
boa semana.

Bandys disse...

Olá Cadinho,

Tudo tão lindo por aqui.
Gostei da rima do poema, do escudo do flamengo e tudo mais.

Deixo pra você:

A fé para acreditar e permanecer.
O sonho para determinar e percorrer.
A saudade para lembrar e não perder.
O amor para cativar e bem querer.
A amizade para emanar e florescer.
E um tudo de melhor para viver...

Obrigada sempre pelas belas palavras.
Beijos

Clara disse...

Olá, concordo com tudo que escreveu. Nos respeitar pra sermos respeitados.

Vim agradecer sua visita ao meu blog e seu comentário...

Abraços

Zilani Célia disse...

OI CADINHO!
GRATA POR TUA VISITA, ME DANDO A OPORTUNIDADE DE TAMBÉM VIR AQUI.
QUANTO AO RESPEITO,ACHO QUE ELE DÁ O EQUILÍBRIO E O LIMITE EM QUALQUER TIPO DE RELACIONAMENTO.
ABRÇS

zilanicelia.blogspot.com.br/
Click AQUI

S* disse...

Vivendo para amar é um dos segredos.

Amanda Costa disse...

Olá Cadinho! Adorei esses dois poemas! Aliás, Marieta acabou de me deixar mais um folheto seu aqui comigo, na feira! :) obrigada! Adorei o poema obre a cadeira dela tbm....rsrsrs! beijos, Amanda!