Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

NASCENTE DOS MILAGRES


O amor ajeita tudo
NASCENTE DOS MILAGRES
     Acabo de ler verdadeira apologia sobre o amor e sinto-me totalmente convencido de que o apartamento 701 será negociado por intermédio do amor. Não há outro caminho, não há outra possibilidade. É pelo amor que quem vier a ser o novo proprietário do apartamento 701sentir-se-á impelido a adquiri-lo. É pelo amor que mostrará sua assinatura em documento oficial, é pelo amor que entenderá estar diante de belo negócio.
     João da Barra é quem afirma isso na certeza de que é por aí que está a revelação de toda exuberância do apartamento 701. Não há milagre mais consistente do que o proposto pelo amor. Aliás, não há milagre onde não se instala o amor. E não há nenhuma situação extraordinária em perceber o milagre como algo que simplesmente acontece quando o induzimos por força do amor.
     A propósito, o amor é a própria nascente de todos os milagres que nos são revelados ou não.
Belo Horizonte, 21 setembro 2012
LEVITAÇÃO

Observo de longe
Com olhar de monge
Cada movimento
De dizer tão atento
Ao pensamento que reage
E quase exige
Dizer de novo alento
Dedução de novo momento.
Observo de perto
O carinho incerto
De graciosa inibição
Sangue em ebulição
Caminho aberto
Cadê o chão?

Belo Horizonte, 12 julho 2012

3 comentários:

Vanessa Barbosa. disse...

Cadinho, por onde vc anda amigo? Estou sentindo sua falta, grande beijo.

Carla Ceres disse...

Já disse uma vez, mas vou repetir: esse seu poema é muito bom. Abraço!

Ana Miranda disse...

Huuuuuuuuuuuuuum...

Fiquei curiosíssima a respeito do apartamento 701 e sobre o amor que "reina" por lá...