Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

sábado, 28 de setembro de 2013

JOTA

Conjuntos de Painéis Cadinho RoCo, óleo sobre tela, ótimo presente pra quem gosta de arte.
JOTA

Penso em seus olhos...
Mas você não tem mais olhos.
Penso em seu bocejo...
Mas você não tem mais bocejo.
Nosso despertar às quatro da manhã...
Mas você não tem mais despertar.
Que sono então será esse seu?
Final de tarde, vinte três de setembro.
Seu silencio ao meu chamado
Seu corpo na primavera
Desse jardim de inverno quente
Frio agora tão frio se faz você.
Mas você não sente mais frio
Só sente agora o que sinto morto em mim.

Belo Horizonte, 28 setembro 2013
ÁGUA

Da praia o mar
Do mar a onda
Da onda o vento
Na água.
Areia nos pés
Passos na praia
Luz do horizonte
Na água.
Saudade do mar
Mergulho salgado
Na água.
É sede vontade
Viva e solta
Na água.

Belo Horizonte, 02 fevereiro 2002



6 comentários:

Dona Sra. Urtigão disse...

Saudades daqui. Ando perdida nos problemas da vida e perdendo tempo no facebook. Adorei o que voce escreveu e encontrei aqui agora. Vou seguir,rolando, me atualizando nas suas palavras mais antigas.
Um grande abraço.

✿ chica disse...

Fazia tempo não te lia e adorei, como sempre! abração praiano,chica

Márcia Rocha disse...

Muito obrigada pela visita, volte sempre que quiser. As postagens no Blog são diárias (ou sempre que possível), e lá como você já sabe, se encontra um pouco de tudo: Receitas, Dicas, Artesanato... E é um prazer ter a sua companhia :0)
Adorei o seu Blog, Lindos Textos e Belas Telas... Parabéns!!!
Beijos Márcia (Rio de Janeiro - Brasil)

http://decolherpracolher.blogspot.com

Célia Rangel disse...

A temperatura do seu poema reflete a morte, o fim que a tudo enrijece.
[ ] Célia

Luma Rosa disse...

Oi, Cadinho!
Seu poema calou em mim! Também sinto muita saudades do Max!
Beijus,

MARILENE disse...

Sua palavras mostram uma ausência definitiva, vazio de um fim. Abraço.