Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

DISTINÇÃO

Conjuntos de Painéis Cadinho RoCo, óleo sobre tela, ótimo presente pra quem gosta de arte
DISTINÇÃO
     Em um mundo feito só de cobranças a felicidade não pousa. Isso porque ninguém está livre de culpa, posto sermos todos limitados a circunstâncias incapazes de agradarem a tudo e todos.
     Ao amor a pertinência da compreensão e a liberdade de não se permitir aos termos frios das cobranças inúteis.
    Ao amor a possibilidade de não se entregar à mesquinhez de rigores tolos e direi até desnecessários.
     Em um mundo guardado por medidas os limites cedo ou tarde tornam-se inoportunos e indevidos para a necessidade nossa de crescimento.
     Em um mundo contemplado pelo amor, somos sempre mais.
Belo Horizonte, 31 outubro 2013 
QUE ASSIM SEJA
     Para quem não tem nenhum basta qualquer um? Não, definitivamente não, decididamente não. Recuse sempre a oferta qualquer, vinda de quem só sabe explorar a escassez alheia. Rejeite, enfrente e preserve a dignidade do que em você deve encontrar referência de algum valor. Resista ao ato chulo de quem  só sabe corromper, usando de ridícula força a buscar a sua fraqueza.
      Imponha a força de sua crença. Não aceite o alimento envenenado pela cobiça e pelo abuso a violar, em evidente desrespeito, sua necessidade e seu estar no mundo. Morra de fome, se for o caso. Exponha seu ser ao mais vivo reflexo da luz, ao invés de aceitar a mórbida sombra de quem não sabe sequer distinguir o legítimo sentido da oferta.
     Seja humilde, sem ter que por isso ser alvo da humilhação.
     Que assim seja.
Belo Horizonte, 07 maio 2002


Um comentário:

Célia Rangel disse...

Autenticidade deveria ser sempre a nossa fortaleza de vida!
Abraço.