Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

domingo, 10 de novembro de 2013

INDO ALÉM

Conjuntos dos Painéis Cadinho RoCo, uma bela dica pra presentear quem gosta de arte, a preços bem interessantes
INDO ALÉM
          Entre estar perto ou próximo de alguém vai diferença singular.
     João da Barra abre relato dizendo que nem sempre precisamos conhecer alguém pessoalmente para nutrirmos por esse alguém sentimento de aproximação. Nesse caso não há proximidade muito embora haja aquilo que reage tão próximo quanto dentro de nós mesmos. Isso porque pra sentir basta que nos permitamos aos nossos sentidos capazes de quebrarem distâncias incomensuráveis. É por aí que transita a comunicação que por intermédio de recursos diversos, faz com que tenhamos contato, ainda que abstrato, com quem vive por caminhos totalmente distintos dos nossos.
     Por essa percepção, conclui João da Barra, podemos admitir a infinita projeção que podemos dar ao amor capaz de ir e chegar ao além do além da nossa imaginação.
Belo Horizonte, 10 novembro 2013
AO CACHIMBO
     Irá aparecer um dinheiro por aí, mas há de ser nada. É o que diz a ovelha branca.
     Para aquela mulher, dinheiro e nada tem mesmo significado. Sendo assim, há de ser encontrado termo que possa transformar nada em tudo.
     A ovelha branca tem lá suas manifestações por vezes coloridas por intrigantes conclusões. Mas não é ela quem conclui. A ovelha branca diz e some. Evidente que a ovelha branca não fala. Mas é como se falasse. Sua presença está relacionada àquela mulher que fala, mas que nunca conversou comigo. Conheço sua voz, por percebe-la quando entregue a um ou outro canto.
     Se irá aparecer um dinheiro, menos mal. Ao menos assim, poderei dar fumo ao meu cachimbo e prazer ao paladar desta minha espera. Quanto àquela mulher, ela é a própria representação do bem.

Belo Horizonte, 03 julho 2002 

Um comentário:

Vall Nunnes disse...

Está perto fisicamente não faz diferença, quando outrem não tem importância real pra alguém.