Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

domingo, 26 de janeiro de 2014

INSPIRAÇÃO

SÉRIE XAMÃ
dos Folhetos Cadinho RoCo
INSPIRAÇÃO
     Desde o primeiro momento que vi Xamã percebi ser ele cão inspirado e por isso mesmo inspirador.
     Xamã, por um tempo, manteve-se quieto só observando, mas depois expos sua capacidade de entrar em diálogo comigo. É dele que então sou remetido à reflexão que mostra ser a inspiração algo que nos eleva a duas posições simultâneas: a de ser inspirado e inspirador. Isso porque da nossa inspiração passamos a inspirar outros seres, outras vidas que não se restringem a uma condição racional, ou irracional.
     Nesse sentido, Xamã destaca a simplicidade como elemento de forte poder receptivo para que da inspiração do outro possamos nos tornar também inspirados.
Belo Horizonte, 26 janeiro 2014
ENDEREÇANDO

Não escrevo para
Literatura, filosofia,
Pedagogia, psicologia,
Sociologia nem sexologia.
Não escrevo para
Medicina, engenharia,
Biblioteconomia
Nem economia.
Não escrevo para
Biologia, fisioterapia
Nem filantropia.
Sem mais antipatia
Só escrevo o que escrevo para
Você.


Belo Horizonte, 20 abril 2003

7 comentários:

elly disse...

Bom dia amore ♥
tenha um ótimo dia
uma excelente semana
Beijão ✿◠‿◠)✿
/(.”)__☆
/||\
_||_
www.coisasdeladdy.com

Célia Rangel disse...

Sua analogia com a nossa vida e a do melhor amigo do homem - seu cão - no caso - o Xamã, coloca-nos diante de uma filosofia de vida simples, autêntica e por isso mesmo, digna!
Abraço.

Marisa Giglio disse...

Cadinho ,

Gostei do post e do Xamã .
Conviver com um cão é dádiva .
Cada dia uma lição de alegria , fidelidade e resignação .
Beijos e boa semana

Marisa Giglio disse...

Cadinho ,

Gostei do post e do Xamã .
Conviver com um cão é dádiva .
Cada dia uma lição de alegria , fidelidade e resignação .
Beijos e boa semana

Dorli disse...

Oi Cadinho
Eu não tenho nenhum cão inspirador, mas tenho 66 primaveras bem vividas e curtidas no amor e na força de vontade.
Como dizia minha mãe: você nasceu virada para a lua.kkk
É em cada etapa da minha vida que acho inspirações para escrever a todos vocês.
Obrigada
Lua Singular

Simone Felic disse...

Ele é muito fofo , conquista a todos.
http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

ॐ Shirley ॐ disse...

Ah! Cadinho, por que você falou sobre o Xamã? Me deu uma saudade louca do meu Toquinho, que morreu há dez meses. Sabe que, três vezes ele me avisou quando deixei o portão aberto? Entendia tudo e só não falava por falta de cordas vocais.
Amigo, beijos!