Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

AFETUOSO



SÉRIE XAMÃ dos Folhetos Cadinho RoCo
AFETUOSO
     Xamã valoriza tudo que lhe é ofertado, já aprendeu a não cuspir no prato que come. Na realidade não sei se na condição de cão Xamã sabe cuspir, mas sei muito bem do quanto há de atitude nesse animal em reconhecimento ao que lhe é disponibilizado.
     A fidelidade canina já é conhecida e reconhecida pelos humanos faz tempo. E essa postura tornou-se ainda mais autêntica quando vinda de um ser que age dessa maneira pelo mais puro proceder da afeição. Não há em Xamã agir premeditado, planejado ou simulado. O que há na realidade dele é o entusiasmo em se dispor ao querer bem o que, aliás, tem feito muita falta nos relacionamentos humanos espalhados por aí.
Belo Horizonte, 14 fevereiro 2014
CALOR DO FRIO
     Entrei no mar. Água mansa e boa para ficar ali esquecido da vida. Avencei mais um pouco. Mar estava raso. Onda veio crescendo lá de longe. Quando dei por mim, fui por ela levado sem qualquer transtorno. Passeio rápido e carinhoso da onda que deixou-me na praia deserta.
     Vento fez frio no corpo banhado e salgado pelo mar. Lembrança foi crescendo como onda que surgiu agora a pouco. E a noite de ontem arrebatou meu ser daquela manhã, num instante rápido e carinhoso. E veio sabor daquele beijo ido embora sem abandonar meus lábios. E no calor daquele frio noturno foi que sonho colocou-me nesse mar de ondas tão infinitas.
Belo Horizonte, 26 junho 2003

4 comentários:

Evy LO disse...

Paso unos segundos para desearte Feliz día de san Valentín!!

Con mucho amor... EvY

Carla Ceres disse...

Os cães sabem cuspir, sim, Cadinho. Tivemos uma cachorra que chupava tangerina e cuspia as sementes. :) Abraço!

nelma ladeira disse...

Achei seu texto interessante!
Adorei.
Obrigada pela visita,volte sempre,beijinhos.

REINVENTANDO disse...

Belo texto que nos apresenta!!
Abraços.
Sandra