Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

terça-feira, 18 de março de 2014

VALORES DISTINTOS

SÉRIE XAMÃ em curso e SÉRIE ESTRADA REAL nascida em setembro de 2003 dos FOLHETOS CADINHO ROCO
VALORES DISTINTOS
     Enquanto Batistão pensa no dinheiro, João da Barra valoriza a fé. Xamã crê na fé e confere a ela atenção especial, o que faz dele cão confiante de suas ações.
     João da Barra aproveita pra mostrar que a fé nos disponibiliza a confiança, enquanto que o dinheiro só faz estimular a desconfiança.
     Batistão diz ser homem de fé e Xamã late buscando saber mais sobre a fé Batistão, melhor dizendo, a fé no dinheiro.
     João da Barra se limita a dizer que a fé poderá até fazer com que ganhemos dinheiro, mas se ficamos só na dimensão do dinheiro, não ganhamos nada em termos de fé.
Belo Horizonte, 18 março 2014
CARANAÍBA
     Caranayba é uma palavra que vem do tupi-guarani caraná-yba, ou seja, palmeira que para nós transformou-se na carnaíba ou, como é mais conhecida, carnaúba.
     A carnaubeira que é a palmeira da carnaúba, pode atingir 40 metros de altura, sendo típica do norte e nordeste brasileiro. Dela extrai-se a cera de carnaúba, o caule que serve, ou serviu como postes telegráficos e na construção de pontes. Já as folhas são utilizadas na cobertura de ranchos e as fibras transformadas em chapéus, cestas, balaios e em mais tudo aquilo que o imaginário de hábeis artesãos concebem.
     Mas o nome Caranaíba, em Minas Gerais, identifica aquela cidade próxima a Conselheiro Lafaiete e que também faz parte do Circuito da Estrada Real. Lugar de uma paz mais que envolvente. Paisagem encantadora que traz à lembrança aquele que certamente foi o melhor tutu que já tive oportunidade de saborear.
Belo Horizonte, 29 outubro 2003



7 comentários:

Célia Rangel disse...

O "material" e o "transcendental" sempre se chocam e, ambos são necessários... Cabe-nos o bom senso. Xamã aprende e ensina também!
Abraços.

Ronilda David/Loubah Sofia disse...

A Fé de Xamã e o dinheiro de Batistão...

Dicotomias essas que são necessárias ao equilíbrio da natureza viva,tanto do ser pensante quanto o dito irracional.

Uma reflexão envolvente essa tua.

No interior do sertão onde nasci,usa-se a carnaúba para os mesmos fins e para medicação caseira também.

Apreciei conhecer um bocadinho do teu espaço,observar prazeirosamente a tua exposição a óleo.

Minhas sinceras congratulações,grata por tua gentil atenção no R.O.

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Lindas palavras Cadinho.
Adorei saber um pouco mais sobre o que descreve.
Obrigada pela visita.
Abraços.
Carmen Lúcia.

Bell disse...

Pra muita gente o dinheiro é o mais importante.

Tenha um ótimo dia =)

ONG ALERTA disse...

Equilíbrio, abraço Lisette.

Carla Ceres disse...

Gostei da Imagem do Dia, Cadinho. Abraço!

Elvira Carvalho disse...

A fé e o dinheiro são como o dia e a noite. Vislumbram-se duas vezes a cada 24 horas mas nunca se juntam.
Um abraço