Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

quarta-feira, 2 de abril de 2014

CAUTELA



SÉRIE XAMÃ em curso e SÉRIE ESTRADA REAL nascida em setembro de 2003 dos FOLHETOS CADINHO ROCO
CAUTELA
     Já fiz muitos projetos relacionados a muitos assuntos meu grande Xamã. Criei situações, propus algumas, conquistei outras e cá estou de novo movido pela projeção de ideia a impulsionar entusiasmo que mantenho aceso em mim.
     Posso sim criar novo projeto, mas por força da experiência hoje prefiro antes o amadurecer dos acontecimentos. Isso porque todo projeto cria expectativa e toda expectativa oferece desgaste sobre o que buscamos alcançar.
     Xamã então percebe ser saudável preservar nosso desgaste de situações que possam nos conduzir ao desalento. Não é bom expor a fé a precipitações desnecessárias.
Belo Horizonte, 02 abril 2014
CURRAL DEL REI
     Se na Fazenda do Cercado não havia ouro, jeito era plantar. Assim é que começa a história do que é hoje Belo Horizonte. O proprietário João Leite da Silva Ortiz passou então a cultivar sua riqueza enviando produtos de sua agricultura e pecuária para abastecer o pessoal das minas. Resultado foi que logo a fazenda deu origem ao povoado Curral del Rei. Já o nome Curral del Rei surgiu por haver um tal de Tomé Portes d’el Rey que alugava um curral para reunir o gado que deveria obter o registro de contagem, para fins tributários. No povoado, surgiu logo a construção de um santuário, onde hoje está construída a Matriz de Nossa Senhora da Boa Viagem. Ao largo do santuário criaram um lavabo, datado de 1793, que hoje faz parte do acervo do Museu Abílio Barreto. O “Lavabo da Matriz da Boa Viagem” era utilizado por viajantes que passavam pelo povoado naquela época. Aí surge interessante pergunta: Se essa gente não transitava por vias que hoje compõem o Circuito Estrada Real, como é que chegavam aqui? Ou será que eram seres vindos do céu?
Belo Horizonte, 15 dezembro 2003

4 comentários:

Bell disse...

Passando pra desejar pra vc e pro Xamã um ótimo dia =)

Carla Ceres disse...

Acabei de reparar nas molduras dos seus painéis, Cadinho. Os nós e os veios da madeira deixam as peças especiais. Dão um efeito mais interessante do que a moldura pintada de uma cor só. Abraço!

Smareis disse...

Oi cadinho!
Tava ausente por isso não passava por aqui pra ver as novidades. Essa primeira tela é maravilhosa, p39 tem uma combinação de cores fantástica, gostei muito. As molduras também bem bacana.
Abraços!

Marilene Domingues disse...

Olá Cadinho, boa noite!Cá estou para te dizer que hoje depois de muito tentar consegui me fazer sua seguidora. O Sr. Google esta com mudanças e nos causando vários problemas de comunicação.
Abraços
Marilene