Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

PROPOSTA POSITIVA




SÉRIE XAMÃ dos

FOLHETOS CADINHO ROCO

PROPOSTA POSITIVA

     Faz tempo que o Governo de Minas Gerais tem se destacado do Governo Federal pela competência. Os sucessivos governos do Partido dos Trabalhadores na Presidência da República mostram rastro de desmando, grosseria, corrupção e irresponsabilidade. Por isso é que não dá mais para confiar voto nessa gente seja lá para o que for.

     O voto Pimenta 45 para o Governo de Minas Gerais se faz importante, sobretudo para que não seja o Estado invadido pelo oportunismo petista que, uma vez derrotado na maioria dos Estados brasileiros, fará com que a companheirada vá buscar emprego onde o partido for vitorioso.

     Vamos vencer para Presidente do Brasil com Aécio 45 e para o Governo de Minas com Pimenta 45, é o que propõe Xamã.

Belo Horizonte, 26 setembro 2014

VELAS ACESAS

     Não dá para ensinar o que não aprendemos. Assim fica difícil impossível querer chegar alcançar o que almejamos.

     Sobre o pequeno altar da Igreja de Fátima, estão acesas velas para celebração da missa das sete horas. São velas diferentes. Espécie de lamparinas, mas são velas depositadas em potes talvez de cerâmica ou vidro. Elas iluminam instantes inteiros de reflexão.

     A humildade em buscar o simples entendimento das coisas, é mais prudente do que insinuar situações de ameaça ou de uma disposição em querer cobrir fatos com outros. A ganância em querer o poder pelo poder, por vezes expõe nosso dizer ao ridículo das conclusões.

     Nossa Senhora de Fátima representa a força em forma de uma entrega plena e sincera. Ela não apresenta-se nem como heroína, nem como salvadora de tudo todas as coisas. Ela é o que é, por ser só o que é.

     A ânsia em querer ser tudo é que pode levar qualquer um de nós a nada. Por isso mesmo é que é sempre muito ruim querermos ser o que não somos. Pior ainda é querer que queiram que sejamos o que não conseguimos ser.

      O ditador é aquele que insiste em ditar o que ele quer que saibamos e fim. O ditador não informa, ele deforma.

Belo Horizonte, 18 agosto 2005

2 comentários:

Bell disse...

Quando o PT saiu da prefeitura da minha cidade, foi um aue.
Parecia que estava ocorrendo dedetização rs...
Muita gente que trabalhava em cargos sem concurso foram obrigadas a deixa-lo. Mas muita gente mesmo.
E o povo se revoltou é claro.
Vamos ver o que vem por ai...

Um ótimo fds pra vc e pro Xamã =)

Van disse...

O Xamã está apoiadíssimo.

O poder deveria ser a consequência de luz própria e não da imposição da própria virtude, principalmente quando esta é inventada.

Beijos Cadinho