Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

NÃO SE ILUDA



SÉRIE XAMÃ

FOLHETOS CADINHO ROCO

NÃO SE ILUDA

     Brinque com a mentira e ela o transformará em brinquedo dela. Não se iluda com a mentira porque ela é capaz de, pela ilusão, neutralizar sua mais segura convicção.

     Xamã adverte: A mentira tem esperteza de sobra para se defender de quem a subestima. Para enfrentar a mentira se faz necessária toda disposição e direi até imposição da verdade sobre ela.

     A verdade não se limita a eventuais disputas com a mentira. A verdade propõe que, diante da mentira, não sejamos, de maneira alguma, solícitos.

     A mentira é senhora que sabe tirar proveito das ocasiões, criando situação de entendimento capaz de desviar o que se faz evidente, para a mais completa conveniência dela.

      Não dê poder à mentira. Vote Aécio 45.

Belo Horizonte, 20 outubro 2014

SIGNIFICADO

     Se o carro Mercedes está em frente à casa butique, é porque ela está lá. Penso acredito ser assim mesmo. E o carro sempre está lá. É raro muito raro não encontra-lo com sua imponência serenidade ao dispor dela que parece ter sim particular satisfação em fazer o que faz. O que demonstra ser sim um bem digno de exemplo.

     É sempre muito bom fazermos o que queremos fazer. Trabalhar, crescer, desbravar, desafiar nossas potencialidades. O que acaba estabelecendo esta forma de comunicação entre as pessoas. Sim, porque o trabalho, no mais das vezes, termina encontrando sentido em outras pessoas. Por mais que trabalhemos para nós, fazemos o que fazemos para outros seres. O que traz sentido para que sigamos em frente, em busca, em propostas que vão propondo outras numa sucessão infinita. Assim é que vamos também descobrindo o significado de nossas vidas. O que é ótimo.
Belo Horizonte, 25 outubro 2005

3 comentários:

Isy disse...

Bonitas palavras, tens toda a razão!

Bjxxx

Bell disse...

Que vantagem têm os mentirosos? A de não serem acreditados quando dizem a verdade.
Aristóteles

Magui disse...

O mentiroso é ardiloso a tal ponto que zomba de quem lhes dá crédito.Bjs e saudades.