Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

SIMPLES E DIRETO



SÉRIE XAMÃ dos
FOLHETOS CADINHO ROCO
SIMPLES E DIRETO
     Xamã não gosta que cheguem muito perto dele com intenção de toca-lo. Isso se dá porque Xamã não é cão dissimulado. Sua sinceridade é simples e direta, não vê nenhuma necessidade de oferecer recepção quando não pretende ser receptivo.
     Em muitos momentos somos expostos a surpresas nem sempre agradáveis. Isso nos leva a percorrer por raciocínios a nos induzirem a essa ou aquela postura.
     Em muitos momentos, ao percebermos que o mar se faz mais forte do que nossa capacidade de enfrenta-lo, numa atitude de desespero camuflado passamos a nos sentir ameaçados até mesmo pela mais branda das marés.
Belo Horizonte, 04 fevereiro 2015
EM RESPEITO
     Oitenta e nove anos  de idade, lúcida e disposta. Amiga da boa prosa recebe a pesquisadora e diz que mesmo não sendo obrigada, irá votar sim. Não tem preferência a este ou aquele candidato, mas não quer, de maneira alguma, que aquele outro ganhe a eleição.
     Pesquisadora emociona-se diante daquela senhora. Decide então que em respeito à idade e disposição dela, dará para cada candidato, um voto. Menos, é lógico, para aquele que nela provoca repulsa.
Belo Horizonte, 11 setembro 2006

6 comentários:

Bell disse...

bom dia Cadinho

Xamã não está errada em não gostar de ser tocado, até pq não há necessidade de toque, apenas de aprecia-lo.
Eu tb não gosto qdo pessoas que eu não conheço me tocam, acho evasivo.

Um lindo dia pra vcs =)

© Piedade Araújo Sol disse...

Cadinho

eu nisso do tocar sou muito parecida com Xamã....

obrigada pela sua visita e seus comentários sempre tão gentis.

beijo

:)

Francielle Couto Santos disse...

Cadinho,

Acho o toc algo bem íntimo, por isso concordo com a xamã.

Abraços,
http://universoliterario.blogspot.com.br/

✿ chica disse...

Gosto de te ler e sempre saio daqui pensando...abraços,chica

Carla Ceres disse...

Oi, Cadinho! O Xamã é um cão de guarda e age em conformidade com a essência que Deus lhe deu. As pessoas precisam aprender que bicho não é brinquedo. Abraço!

Cristina Oliveira disse...

Achei muito curioso sua descrição!
Xamã é muito especial!