Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

domingo, 3 de janeiro de 2016

POR VEZES



POR VEZES

     Temos maior acesso a nós mesmos quando refletimos sobre tudo aquilo que falamos e fazemos, criamos e construímos. É assim que somos revelados a nós mesmos, é assim que passamos a nos posicionar mundo afora.

     No início de tudo eis que surge espécie de disposição nutrida pela empolgação em desbravar o ainda por demais desconhecido. Mas depois, quando então sentimos a brisa da rotina em nossos afazeres, eis que somos sutilmente convidados a alguma dispersão.

     Lembramos de coisas por vezes encaradas como inúteis, esquecemos de coisas por vezes sentidas como úteis e que não deveriam ter se afastado da memória.

Belo Horizonte, 03 janeiro 2016

NO AMOR

      Na dúvida o amor não sobrevive.
      Na esperança o amor desafia.
      No convívio o amor ensina mostra abre caminho e perspectiva para o libertar de tudo todas as coisas.
     No amor não existe meio termo.

Belo Horizonte, 06 agosto 2009

3 comentários:

Graça Pires disse...

"No amor não existe meio termo". É verdade, Amigo. No amor a entrega é total...
Beijo.

Lu Nogfer disse...

Concordo plenamente. Simples assim...

Que o ano novo lhe traga ótimas surpresas.

Beijos.

✿ Rê ✿ disse...

Verdade, por vezes acabo deixando para trás coisas importantes por causa da rotina diária... mas esse ano quero fazer diferente!
Obrigada pela visita!
Tenha um 2016 cheio de paz!
Com carinho

Femme Digital