Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

segunda-feira, 17 de abril de 2017

OLHARES

OLHARES
      Sigo viajando pelos recantos das Minas Gerais pensando nesta mistura de acontecimentos a irem esmiuçando o passado entornado neste presente. De Caeté tomo rumo de Jaboticatubas, condomínios fechados à margem da estrada, placas identificando a lembrança de momentos idos a acharem Jaboticatubas, lugar que já sintonizou a Hellowebradio.
      A estrada vazia parece antecipar silencio da cidade pequena com jeito assim meio que escondido do mundo. Na sombra árvore que abre permissão para pouso de ave vinda sei lá de onde. E nessa troca de olhares me deixo levar pela música a buscar gestos da imaginação.
     www.hellowebradio.com ... voos levados pela transparência do tempo.
Belo Horizonte, 17 abril 2017
PENSANDO
     “Ninguém consegue servir a dois senhores.” Esta é frase que está lá no Evangelho de Mateus, capítulo 6 versículo 24, mas que vai muito além do aspecto meramente religioso. É constatação simples e direta a mostrar que você é o que é, ou finge ser o que não é.
     Então, quando você diz que não sabe daquilo que sabe e até usufruiu do dito não sabido, você seguramente é um mentiroso. Essa coisa de ter que provar que essa ou aquela atitude é verdadeira já denota a presença da mentira, posto que a verdade, por si só, mostra ás claras o que não precisa ficar escondido.
     Quando vivemos momento pacífico, mas com notórios atos de vandalismo e discursos que escapam da realidade por força da conveniência, eis que da verdade saltamos para a mentira sem o menor pudor.
     A verdade é tão mais simples quanto mais complexa é a mentira.

Belo Horizonte, 03 julho 2013

4 comentários:

Mulher na Polícia disse...

Como está escrito nos evangelhos:

"E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará"

Uma ótima semana pra você.

Graça Pires disse...

"A verdade é tão mais simples quanto mais complexa é a mentira." Gostei muito.
Uma boa semana.
Um beijo.

Dilmar Gomes disse...

Perfeito, Cadinho. Percebo que o amigo não é de escamotear, mas vive a verdade nua e crua, que está ao norte dos sofismas.
Um abraço. Tenhas uma boa semana.
Ah, agradeço a visita, lá no meu modesto espaço.

lua singular disse...

Oi Cadinho
Mentir é ocupar o espaço do outro, é tomar banho num mar de lama e mentiras.
Fica a situação: se falar a verdade explodem com nossa família, mentir não faz parte do nosso vocabulário. O que fazer? Alienar-se ou dizer: não voto pra ninguém e se algum político disser: Por que? É um direito que me assiste.
Saudades
Beijos
Dorli