Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

domingo, 28 de março de 2010

LIÇÃO DE VIDA

Existem momentos merecedores de registro

LIÇÃO DE VIDA

Um dia, quando eu buscava alento para compensar em minha vida morte do meu pai, bati naquela porta.

Campos dos Goytacazes, Avenida Pelinca.

Fui recebido com o calor carinho da família que me acolheu. Esta foi uma das tantas tentativas que fiz em ir embora para Campos dos Goytacazes. Mas quando então tive de voltar, ao devolver a chave a mim confiada daquela porta que me foi aberta, ele na condição de cabeça da família não quis receber a chave de volta. Ao invés disso recomendou que eu guardasse a chave na certeza de que aquela porta nunca estaria fechada pra mim.

Esta foi uma das tantas lições que recebi do meu inesquecível Tio Gervásio, último irmão do meu pai que estava no nosso convívio. Ele partiu dessa vida no 25 deste março, como quem já não mais suportava a viuvez por ocasião da morte da não menos terna Tia Anita, que faleceu em 09 de janeiro deste mesmo 2010.

Grussaí, 28 março 2010

FALSA ESPERTEZA

A frase é de um amigo que pede para não ser identificado. “Mineiro só sabe comprar com desconto.” Uma afirmação deveras oportuna. Uma realidade que não precisava ser tão cruel. Mas é.

O que pode parecer esperteza, acaba demonstrando ingenuidade e lerdeza. Essa conversa de quem ainda acredita no bom e barato, é própria de quem não consegue distinguir o falso do legítimo. Esse jeito metido nas medidas da aparência, não consegue ir além de sua própria ilusão. O que acaba depreciando o que de fato tem valor.

Não adianta querer fingir. Não adianta fingir ser hábil, estrategista, esperto ou negociante. O que adianta mesmo, é dar valor ao que tem valor sem pensar no tal do desconto, que só existe para quem não consegue distinguir o gato da lebre.

Belo Horizonte, 30 junho 2000

9 comentários:

Rosangela Neri disse...

Quero sua amizade sem desconto...

Beijocas

direitinho disse...

Queira aceitar as minhas condolências pela morte de seus familiares.
Esse seu tio abriu-lhe as portas do coração e essas ele nunca quis fechar.
Estes gestos são próprios de almas de grande beleza.
Essa chave é um tesouro.

Bill Falcão disse...

Aceite os meus pêsames pelas mortes de seu tio e tia, pessoas singulares, sem dúvida.
Aquele abraço!

Delirius disse...

É como diz Direitinho, o coração é o lugar dos amigos.
Não é só em Minas que as gentes se compram e se vendem e se negoceiam...
Um abraço no teu coração magoado.

Carla Melo disse...

Olá muito interessante seu trabalho. Morte para nós e nascimento para o mundo espiritual, em outro plano.Sou sua nova seguidora. Parabéns!! Meu blog è: http://blogdaescolasantaterezinhaaracaju.blogspot.com/
Parabéns!
Carla Melo

Ana Lúcia Porto disse...

Uma história de amor, cada vez mais rara nos dias de hoje. Ela nem bem se foi e ele não conseguiu viver sem ela... E que tios bondosos e generosos para com você...!! Sinto muito por essas suas perdas...

Um abraço,

Felina Mulher disse...

O que adianta mesmo, é dar valor ao que tem valor sem pensar no tal do desconto, que só existe para quem não consegue distinguir o gato da lebre.....Bem dito...bem verdadeiro.


beijos...fica bem!

paula barros disse...

Cadinho, tem casais que convivem tantos anos juntos, que a saudade torna-se muito dolorosa, e realmente mata. Já soube de casos assim.

beijo

Sonhadora disse...

meu querido
Deixo um beijinho e todo o meu carinho.

Sonhadora