Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

quarta-feira, 26 de julho de 2017

DESTRAVAMENTO

DESTRAVAMENTO
      Não adianta querer cultivar a fé só para se beneficiar dela porque em meio a esse cultivo o benefício virá após dedicação e persistência. Sendo assim, nem tudo no universo da fé representa benefício direto ou imediato. Neste sentido, o que para alguns poderá significar perda de tempo, para outros o tempo dito perdido apresentará ganhos no reconhecido como tempo da resposta.
     Para a fé a perseverança se mostra imprescindível e com ela o desempenho da paciência capaz de distinguir o que fecha do que abre caminho para o encontro do que buscamos. Daí a necessidade de disposição desprendida do que trava o nosso acreditar.
      Nem sempre devemos seguir a pura e simples manifestação dos nossos impulsos.
      www.hellowebradio.com ... fé no florescer da verdade.
Belo Horizonte, 26 julho 2017
GRATIDÃO
     Gratidão é algo que sempre faz por merecer muito cuidado. Tratar a gratidão de maneira atabalhoada é perigoso demais Xamã, porque quando a pessoa não manifesta espírito de gratidão tende a ser desafiada com muito mais rigor pelo que está por vir.
     Então, sair por aí execrando o mundo e com jeito de ser sempre mais importante que todos, pode ser motivo de muito tropeço.
     Essa coisa de querer dar o passo maior que a perna pode levar ao chão o que se pretende erguer ao céu. Ninguém está livre de surpresas avessas ao que se pretende conquistar. Ignorar os sinais a mostrarem perda de suficiência é algo que faz por merecer tratamento, no mínimo, mais meticuloso.
     A arrogância está mais para a destruição do que para a construção do que buscamos alcançar.

Belo Horizonte, 04 maio 2014

terça-feira, 25 de julho de 2017

CRESCENDO NA FÉ

CRESCENDO NA FÉ
     Mas é lógico que a mentira não tem nenhuma relação com o espírito da fé. Mesmo a mentira involuntária, aquela que age sem que a pessoa perceba que está dando a ela alimento com atitudes que não conferem em nada com o que possa fazer por merecer constatação coerente, ou compatível com seu dizer ou intenção.
     A fé purifica a verdade e por isso mesmo é que crescer na fé significa o mesmo que legitimar todo e qualquer propósito de avanço. Não adianta querer que pelo convencimento raso estejamos aprofundando nosso viver naquilo que de fato venha a dignifica-lo. Ninguém consegue ser verdadeiro camuflando a verdade do seu próprio ser.
      WWW.hellowebradio.com ... fé disponibilizando fé.
Belo Horizonte, 25 julho 2017
LEITURAS EQUIVOCADAS
     Vivemos no Brasil momento de muita contradição política porque está tudo muito intoxicado pela mentira. Há um mal estar em meio a posturas enganosas que terminam por dar à realidade dose elevada demais de fantasia.
     Xamã agora não pode ver uma folha de papel à solta que parte pra ela numa atitude literal de quem tem fome e sede de palavras. É lógico que, como cão, Xamã não sabe e nem tem o propósito de aprender a ler, isso é coisa de nós humanos. Mas o cão percebe haver muitas e muitas pessoas que aprenderam a ler e que sabem ler, mas que insistem em fazer leituras totalmente equivocadas do que está na evidência dos fatos.

Belo Horizonte, 09 maio 2014

segunda-feira, 24 de julho de 2017

FÉ E VERDADE

FÉ E VERDADE
      Para trilhar pela fé não há outro caminho que não seja o da verdade.
     Para entender a verdade não há outro caminho que não seja o da fé. Não há meio termo na fé e nem tão pouco rotas de fuga na verdade. Para alcançar a fé, a busca da verdade, enquanto que para buscar a verdade não é preciso mais que simples gesto de entrega ao espírito da fé. Diante da fé a simplicidade do entendimento revelado pela verdade feita em luz a iluminar até mesmo o que vai além nossa visão. É pela fé que o silencio traduz a verdade, é pela verdade que a compreensão fortalece o espírito da fé.
     WWW.hellowebradio.com   ... fé que nos remete à verdade.
Belo Horizonte, 24 julho 2017
SILENCIO SOMBRIO
     Você sabe o que foi e o que é o Fórum de São Paulo? Você sabe da posição clara e objetiva de cada candidatura à presidência do Brasil a respeito do Fórum de São Paulo?
     É estranho haver no jornalismo brasileiro tamanho silencio a respeito do Fórum de São Paulo que tem em sua base intenção de transformar o Brasil em País socialista como integrante de uma ação revolucionária da América latina. Uma evidente ameaça à soberania nacional do Brasil e que abre caminho para negociações internacionais com inserção de “cláusulas secretas”.
     Não será o tema Fórum de São Paulo mais importante do que tantos que ocupam os noticiários brasileiros?
     Queremos um Brasil regido por modelo implantado em países como Cuba e Venezuela?
Belo Horizonte, 07 maio 2014


domingo, 23 de julho de 2017

RASTRO DO TEMPO

RASTRO DO TEMPO
      Parede descascada, rastro do tempo.
     Entre a lembrança e o esquecimento rastro do tempo passado num presente sem futuro.
     Entre a aceitação e a recusa rastro do tempo que segue ausente do que aparenta ser coisa qualquer de significado nenhum.
      Haverá definição do nada?
     A conversa que antes se mostrava tão necessária se perdeu no rastro inexistente do tempo que não achou tempo para vir a ser o que não foi.
     Na contemplação da fé não há espaço para que o tempo traga consigo nada que não seja o que é. Para a fé o viver não é brinquedo que em um momento é servido como apego para diversão e em outro tratado pelo mais frio desprezo.
     Pela fé é que a vida se dá ao respeito.
     www.hellowebradio.com ... seriedade ao agir da fé.
Belo Horizonte, 23 julho 2017
EVIDÊNCIA
     É evidente o aumento da população dos moradores de rua em Belo Horizonte. O que mostra clara contradição com o que é dito pelas sucessivas propagandas dos projetos sociais, sobretudo implantados pelo governo federal.
     É só dar uma caminhada com Xamã por uma pequena parte do que é hoje a capital mineira para encontrar com muitos, mas muitos mendigos alojados sob marquises, praças públicas e portas de lojas do comércio enquanto o dia não amanhece.
      A miséria, ao contrário do que é dito em muitos discursos empolados, aumenta sem esconder a realidade que insistem em querer anunciar como sendo promissora.
     Em um País onde a crença na mentira rende votos e poder toda perspectiva de progresso cai no abismo da ilusão.

Belo Horizonte, 30 abril 2014 

sábado, 22 de julho de 2017

DESGARRANDO

DESGARRANDO
     A fé não se limita à obtenção de milagres e nem tão pouco ao atendimento daquilo que se faz presente ao mundo das nossas vidas. A fé vai além do que inclusive a vida cisma em querer para si. A fé pode até ser capaz de nos libertar da vida que tanto nos aprisiona em meio a passagens que sequer respeitam a exaustão da gente.
     Chega momento em que não dá mais para segurar o que não seja, ou esteja no mais solene espírito da fé. O resto, muito cá entre nós, é que se dane.
     Chega momento em que se impõe o que trata de decompor toda e qualquer imponência.
     Pelo despojamento da fé, eis que surge a verdade arrancando tudo que não seja simplesmente verdadeiro.
     Para quem quer a perversidade, que fique com ela e que dela tire bom proveito.
      WWW.hellowebradio.com ... baita interrogação no coração.
Belo Horizonte, 22 julho 2017
DA CORRUPÇÃO
     A corrupção jamais deverá ser aceita como atitude convencional em que os meios justificam os fins. Trata-se de comportamento abominável em toda sua extensão que não basta ser detectada, mas tratada como crime quanto mais quando promove desvio de dinheiro público. É algo que fere profundamente a confiança depositada em quem, por força do poder, corrompe.
     Na essência, tanto a corrupção ativa, realizada por quem a promove, quanto a corrupção passiva, assumida por quem a encobre, caracterizam ato criminoso de igual teor.
     De que adianta, após desvendar a corrupção, não punir e nem tão pouco impor exigência clara de ressarcimento do dinheiro desviado?
     Tá vendo só Xamã o que acontece quando confiamos em quem não faz por merecer nossa confiança?

Belo Horizonte, 27 abril 2014

sexta-feira, 21 de julho de 2017

ACABOU?

ACABOU?
     De repente eis que percebo a vida fugindo de mim, ou serei eu que fujo dela? Não sei nem quero saber daquilo que só tem servido para aniquilar o viver, se é que ainda resta algo para ser aniquilado.
     A fé que carrego comigo não chega a reconhecer o que antes eu acreditava ser vida.
     A ilusão existe é para confundir a gente.
     De repente percebo a vida lá longe e eu aqui amortecido pela fantasia de estar onde não estou. Acabou tudo o que talvez nem tenha começado.
     A fé comparece para distinguir o que é do que aparenta ser mostrando ao acreditar que a vida não é nada daquilo que um dia acreditei ser.
     A tolice é mesmo difícil de ser engolida.
     WWW.hellowebradio.com ... um sei lá sem tamanho.
Belo Horizonte, 21 julho 2017
CARRAPATAL?
     Não cometo exagero, mas de fato quase morri.
     No corpo do Xamã a aparição de sei lá quantos carrapatos surgidos do nada. Mesmo munido de tratamento preventivo com direito a coleira repelente aos parasitas, eis que surgiram eles. Uma semana de combate ferrenho, higienização completa no corpo e ambiente de convívio do cão.
     Resultado de toda essa operação de guerra foi que acabei envenenado por inalar tanto produto químico. Quanto ao Xamã, melhor que nunca.
     Quanto a mim, tonteira, náusea, ouvidos com audição estranhamente ampliada, espécie de loucura.
     Recebo notícia de que é preciso cuidado porque Belo Horizonte está infestada por carrapatos. Transformou-se num carrapatal?
     Cadê os meios de comunicação, o poder público municipal, os noticiários que não dão a menor confiança pra isso?
     Morrer não morri, mas a comunicação em Belo Horizonte parece morta quanto a trabalho de fato eficaz.

Belo Horizonte, 18 abril 2014

quinta-feira, 20 de julho de 2017

DESCRIÇÕES INDESCRITÍVEIS

DESCRIÇÕES INDESCRITÍVEIS
      Quando possuído pela fé o que sobra é pouco quase nada ou tudo que não seja o puro e simples espírito da fé. Situação em que o perto e o longe se confundem no tempo de um espaço que não reconhece o que seja um ou outro.
      Preenchimento de um vazio a escravizar o que antes vagava submerso em ilusão. Nesse ambiente a ausência se confunde com a presença numa clara demonstração de luz que tanto ilumina quanto ofusca.
      Tudo encontrado pelos desencontros então feitos em composição extraordinária.
     Não é porque a voz desapareceu que se instalou a mudez, posto haver no silencio a sutileza de sonoridade outra.
      www.hellowebradio.com ... descrições indescritíveis.
Belo Horizonte, 20 julho 2017
JEITO DE SER
     Xamã ataca quando se sente ameaçado. É cão agressivo, mas tranquilo em sua essência que tem em sua natureza apurado instinto de defesa. É um animal irracional e por isso mesmo com seu lado selvagem de ser.
     Dá pra compreender comportamento do Xamã, desde que nos permitamos a esse exercício. O que fica mesmo complicado de entender é a postura de pessoas que, ao invés de refletirem sobre o que promovem, resolvem, pela esquiva, partir para a revolta como se não fossem a causa do que condenam. Assim é que culpam o outro pelo que fizeram, na ilusão de estarem isentas de falhas, equívocos e culpa. Atacam, não como atitude de defesa, mas como forma de distorcer os fatos para se esconderem deles.
     Na realidade, a pessoa que age por omissão não consegue ser ela mesma.

Belo Horizonte, 25 abril 2014