Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

quarta-feira, 14 de abril de 2010

FESTA EM ATAFONA

Na animação da festa um pouco de tudo

FESTA EM ATAFONA

Não festa da Nossa Senhora da Penha em Atafona a barraca do Nelson e da Lia, com serviço prestado pelo Wellington, espertíssimo no atendimento das mesas lotadas pela animação geral.

Conversa pra todos os gostos e assuntos idos do rio para o mar e dos tantos encantos pessoas a transitarem pelo ambiente típico de uma quermesse nos trinques, com direito a música, show, leilão ido do porco à galinha passando por prendas tão curiosas quanto originais.

De tudo um pouco na festa da padroeira de Atafona. Nossa Senhora da Penha rogai por nós, amém.

Grussaí, 14 abril 2010

UM NOME

Das Graças? Marília? Pode ser Mariza ou Adalgiza. Quem sabe Amélia? Juliana ou Ana? Jaqueline, Eliana ou Elizabete? Maria do Rosário ou Maristela? Talvez Adriana ou Andreia.

Não sei o seu nome. Mariana, Cátia, Julia ou Julieta? Beatriz, Dulce, Giovana? Mas tenho a sensação de não ser nenhum desses nomes. Há um mistério em sua identidade. Há um segredo em seu semblante.

Quem será ela?

Belo Horizonte, o1 novembro 2000

5 comentários:

direitinho disse...

Como disseste Maria tem muitos nomes ou será que tem todos os nomes.
Nas aflições as pessoas pedem desesperadamente. Que lhes importa o nome...?
Interessa que Maria de Nazaré ou da Penha as cure e as salve de situações muito difíceis.
Um abraço

Gustavo Rangel disse...

Pena eu não ter ido. Tô de molho em casa. Abraços Cadinho!

jefhcardoso disse...

Olá Cadinho! Hoje é quarta-feira, uma correria. Não repare em minha visita relâmpago, mas venho lhe convidar para ler o novo capítulo de “O Diário de Bronson (O Chamado)” e deixar o seu comentário.

Retornarei com melhores modos e mais tempo. Tenha uma ótima semana. Abraço do Jefhcardoso!

Ada Lílian disse...

Cadinho, obrigada pela visita e o comentário no meu blog.
Festas são sempre boas, beeijos.

Ava disse...

Cadinho, fiquei aqui a imaginar essa festa em Atafona.

Coisa gostosa de se ver... Uma festança assim, com prendas e leilões...

Essas quermeces que nos remete a nossa adolescência...

Vontade de estar aí, arrematar uma prenda, passear pela praia, ver o sol nascer... Não ter hora, apenas a gostosa sensação de poder
sonhar...


Meus carinhos e minha saudade...