Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

segunda-feira, 12 de abril de 2010

A MULHER DO BOI

Nem faço ideia de quem seja ela, a...

A MULHER DO BOI

Em Campos dos Goytacazes tem a mulher do boi, a mulher do boi, a mulher do boi.

Tenho notícia da mulher do boi, do boi, do boi.

Nunca vi a mulher do boi.

Fui lá pra ver, mas não vi a mulher do boi, a mulher do boi.

Ela existe sim, a mulher do boi, do boi.

Dizem que ela é puro encanto, bonita vistosa e arisca é a mulher do boi, do boi, do boi.

Eu João da Barra nesse canto da mulher do boi, da mulher do boi, da mulher do boi.

Grussaí, 12 abril 2010

NÃO NEGUE

Não pise na grama

Não ignore a folha

Não fuja da flor

Não negue a beleza.

Não despreze

O nascimento

Trazido ao

Sabor da vida.

E da resistência

Crie o sentido

Da aceitação.

E da aceitação

Entenda o sentido

Da vida.

Belo Horizonte, 22 outubro 2000

3 comentários:

Sonhadora disse...

Meu amigo
Lindo poema.
deixo um beijinho.

Sonhadora

O Árabe disse...

Muito bom, amigo! Boa semana, meu abraço.

Pérola disse...

Estou tentado entender rs.
Um beijo grande.
Beijokas.