Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

sábado, 1 de maio de 2010

ANO 13

Que juntos celebremos mais um ano de vida dos Folhetos Cadinho RoCo

ANO 13

Depois de 12 anos da criação dos Folhetos Cadinho RoCo, dá pra dizer que o que faço é algo remetido a entrega que assumo como sincero e fervoroso amante do amor, que é o que sou. Não cabe aqui e nem é do meu estilo perpassar pelo que aconteceu deixou de acontecer. Prefiro dizer que vivo momento tão intenso quanto vibrante, posto estar nos Folhetos Cadinho RoCo processo de distribuição realçado pela presença do mar e pela vinda de personagens que dão conta do quanto busco e almejo o amor em minha vida, tal como se manifestam João da Barra e a Mulher do Boi.

Os Folhetos Cadinho RoCo nascem para o ano 13 nutridos pela fé de poderem alcançar o que planejam, que é dar sempre e cada vez mais, vida ao amor em nossas vidas.

Belo Horizonte, 01 ano 2010

CANETA VERMELHA

Quando percebi meu corpo sangrando, perdi a razão do pensamento. A dor sentida, não vinha do corpo. Não era dor física. Era sensação de estar indo embora, o eu de mim mesmo. O calor da vida mostrou cor, escapando sem pressa, num gesto antes meu.

Nem dor, nem desespero. Era sensação esquisita e fugida do entendimento. Reação nenhuma. Foi tempo vindo e indo sem muita explicação. Dormi porque o sono ficou maior que o susto. Acordei fraco, porém inteiro. Sangue sumiu. Mas eu podia senti-lo em mim mesmo.

Quando precisei de caneta nova, encontrei-a com uma bela tinta vermelha. Era ela a caneta que eu procurava. Seu sangue, sem dor, fez-se palavra. Foi quando senti sangrar em mim, sentimento esquisito e fugido da razão do pensamento.

Belo Horizonte, 05 março 2001

14 comentários:

Sonhadora disse...

Meu amigo
Passei para deixar um beijinho.

Sonhadora

Taia Assunção disse...

Parabéns pelos anos que passaram e pelos que ainda virão. Já tive um pequeno informativo chamado Boicana. Beijos, feliz dia do Trabalhador e um excelente final de semana.

teresa disse...

parabéns , é sempre muito agradável passar por aqui ..

abraço amigo ..

Lúcia Soares disse...

Que bom, quando fazemos o que nos dá prazer. Vida longa aos seus folhetos. Onde os encontro, aqui em BH?
Bom feriado!

ADiniz disse...

Bom Dia !

Estou preparando uma festa surpresa
Pra nossa Amiga Maria Dias
Hj ela esta de aniversario
Vamos dar um super abraço
Amigos blogueiros.

Bjkas e te mais

Ana Maria disse...

Parabéns Cadinho pela conquista.Feliz dia do Trabalhador!
Obrigada pelo comparecimento na festa do Atelier dos Tapetes.
Aquele comentário seu, coloquei na postagem de hoje. Obrigada! Vá lá conferir.
Beijinhos!

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Parabéns por mais um ano conquistado. Adoro o 13!

Noite de luz, querido amigo.

Rebeca


-

Multiolhares disse...

Existem sempre momentos que sentimos importantes e esses merecem ser recordados e comemorados

beijinhos

Je Vois la Vie en Vert disse...

O número 13 é um número que gosto : nasceu o meu filho neste dia bem como a minha irmã.
Espero que você passou bem este dia do trabalhador ...sem trabalhar !

beijinhos

Verdinha

Juan Moravagine Carneiro disse...

Parabéns...

E agradecido pela visita ao Rembrandt!

legalmente loira... disse...

Boa noite, chegou fim de semana!!

Por isso lhe desejo que vc fique com os seus, e aproveite totalmente estes 2 dias de folga.
beijos com carinho da rita.

claudete disse...

Treze é o número da sorte ! creio nisto, nasci num dia 13 do mês de agosto.Tudo de bom para os belos folhetos . A Caneta Vermelha...que lindo e tocante...me emocionou.
Abraços.

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Todo final de semana mando música, né? Né! Mas hoje vou compartilhar o passado e o presente clicado com arte. Fiquei maravilhada com as fotos, espero que goste:

http://www.flickr.com/photos/edrabbit/galleries/72157623103181304



Rebeca

-

Daniel Savio disse...

Parabéns pelo Folhetos do Cadinho.

Mas as vezes escrevemos a nossa vvida, então nada mais justos que ela tenha a cor de sangue...

Fique com Deus, menino Cadinho.
Um abraço.