Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

terça-feira, 7 de setembro de 2010

AÇÃO E ATENÇÃO

Tem coisa que não dá pra gente ignorar

AÇÃO E ATENÇÃO

Para a cidade de São João da Barra – SJDB, como de resto é para qualquer cidade, a presença e participação do seu povo em momentos que marcam sua trajetória não pode ser ignorada, esquecida ou tratada de qualquer maneira.

SJDB é uma cidade que tem a sua marca muito bem estampada em seu próprio cotidiano. No entanto, esta é uma cidade que não dá pra viver só de festas, shows caríssimos, informação precária das ações governamentais e direi até de certo desprezo a uma postura social que seja tão saudável quanto oportuna a todos nós. Razão pela qual não deve SJDB ficar pura e simplesmente à espera dos acontecimentos e de posições assumidas por empreendimentos vindos de fora naquilo que refere-se às questões que são claramente de responsabilidade municipal e que por isso mesmo pede cobrança, atenção e participação de cada habitante que é a própria razão de ser da cidade de SJDB.

Belo Horizonte, 07 setembro 2010

DETALHES DA MANTIQUEIRA

Interessante observar o que caracteriza uma e outra cidade. De sutileza em sutileza vamos percebendo sinais e maneiras a irem compondo conceitos e mais conceitos em nossos raciocínios. Para o jornalista Pedro Rogério Moreira, por exemplo, “Juiz de Fora exerce grande atração nos lelés. É só ler os livros de Pedro Nava para ver.” – completa o perspicaz jornalista.

Já estive por algumas vezes em Juiz de Fora, sem no entanto ter tido oportunidade de observar o bastante para concluir o que o Rogério concluiu. Percebi sim, ser cidade de mulheres encantadoras, alegres e dispostas proporcionando noites e dias de singular animação. O que não exclui pertinência do jornalista que então lembra de afirmação do Henrique Hargreaves que, enquanto filho de Juiz de Fora, não poupa espanto ao dizer:

- Engraçado, sô, construíram hospícios em Barbacena, mas os doidos estão é deste lado da Mantiqueira!

Sem querer entrar no mérito da polêmica, acrescento ser também Barbacena cidade privilegiada pelo encanto de suas graciosas donzelas. Aliás, pensando melhor, talvez seja exatamente a exuberância das virtudes femininas tanto de Juiz de Fora quanto de Barbacena, motivo para essa doidice coletiva.

Belo Horizonte, 02 outubro 2003

10 comentários:

HSLO disse...

Ontem eu estava a debater com uma amiga minha sobre duas cidades aqui da Bahia...sobre esses mesmos aspectos.

Vivian disse...

...o povo faz a cidade, não
é assim, querido?

ahh
e não é só pros lados de Minas
que tem 'minas bunitas'...rss

aqui por Sampa tbm tem...ara!!

diga que não procê vê

rsrs

bjbjbj

Magui disse...

Juiz de Fora é uma cidade civilizada .Uma amiga foi conhecer a cidade e mudou-se para lá.Ela disse que o povo é educadíssimo.

Daniel Savio disse...

Cara, todas as cidades tem o seu charme, basta olhar atento para achar...

Fique com Deus, menino Cadinho.
Um abraço.

Lulu disse...

Vc acredita que eu ainda não conheço essas duas cidades? Vou te add lá no meu twitter.
Big Beijos

Janaina disse...

Fala-se muito bem de Juiz de Fora.Ainda espero conhecer Juiz de Fora e São João da Barra.Vou te adicionar lá no twitter,beijos.

Irene Moreira disse...

Conheco um pouco BH pois trabalhei um periodo lá, mas ainda não conheço JUiz de Fora mas sempre me falaram muito bem.

Venho aqui te conhecer, te seguir e agradeço por ter ganho mais um amigo.

Beijos e uma boa semana

Rosane Marega disse...

Oie, é verdade... medo, pra que?
Beijossss

rosa-branca disse...

Por vezes os maiores doidos não estão nos hospicios... mas ou seja aí ou aqui em Portugal os problemas são idênticos... Beijo com carinho

Ana Miranda disse...

Eu, uma mulher encantadora, alegre e disposta (brincadeirinha) de Juiz de Fora, sou obrigada a reconehcer a minha loucura, sou realmente bem maluca, mas não posso entregar os juizforanos.
Eh...eh...eh...