Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

AMOR

Sem amor não dá

AMOR

Vivo de amor

Sobrevivo de amor

Convivo com o amor

Vivo o amor.

Enalteço o amor

Destaco o amor

Alerto para o amor.

Insisto no amor,

Porque sem amor

Vida fica sem sabor

Corpo fica sem calor.

Sem amor não há cor

Sentidos mergulham em ardor

Jardim não exubera flor.


Grussaí, 02 fevereiro 2011

CHEIRO ESTRANHO

Percebo farejar ouvir do meu cão Aleph. Cheiro estranho ruído no ar.

Percebo ser sim importante estar atento ao que vai além odor barulho pronunciado próximo evidente aos nossos sentidos. São gestos manobras sutis transformações do tempo natureza sempre em ação emanação ida além aqui espaço rebelde a medidas conceitos limitados.

Cão Aleph inquieto. Há sim uma inquietação nacional em busca de um Brasil que parece perdido em si mesmo.

Belo Horizonte, 08 abril 2006

4 comentários:

Hope Subway disse...

Suas postagens sempre trazem um "quê" de surpreendentes! Não são óbvias e claras como na maioria dos blogs... tem que se pensar, relacionar e criar idéias e ideais... é tudo muito sutil!
e as vezes me afogo nisso!
Bjinhus
Hope

Patrícia disse...

Pode ser clichê, mas o amor move o mundo!
Obrigada pela visita!

Sandra Botelho disse...

Sem amor...A vida é vacuo...
E viver é quase impossivel.
Bjos querido tenha dias de amor

Me disse...

Olá! Adorei suas poesias e suas pinturas, são de muito bom gosto!!!
Concordo plenamente com a Hope Subway, suas postagens fazem pensar!!! Muito bom o blog! To seguindo já! =D