Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

sábado, 4 de junho de 2011

MOMENTO DO VOTO

Se não der pra ser solidário, não queira ser impostor

MOMENTO DO VOTO

Todo procedimento de compra e venda de votos tem perfil por demais perverso, seja por estabelecer verdadeira humilhação a um eleitorado desprovido até mesmo da sua autoestima, seja por estimular o crime justo quando se propõe a criar leis, ou administrar município, estado ou país.

João da Barra insiste para o quanto é importante distinguir caridade de crueldade. Querer em nome da caridade comparecer com dinheiro, material de construção ou seja lá o que for, é crueldade demais.

João da Barra aponta para importância do voto, do momento do voto que precisa ser livre soberano e consciente.

Votar em corrupto é semear corrupção.

Belo Horizonte, 04 junho 2011

PRIMEIRA NOITE

Moça perguntou se podia levar o cão Aleph último instante nosso. Ele foi, sem olhar pra trás.

Primeira noite de ausência agora eterna do cão Aleph. Sensação estranha de vazio que não fica vazio.

Quando então descíamos aquela ladeira, casalzinho crianças miúdas ela aponta para o cão Aleph que pára. Respiração de caminhada, língua pra fora, pouca distância do menino quase no focinho dele. Olha pra mim e pergunta de uma só vez: - É homem ou mulher?

Isso não dá pra esquecer assim. Mas é relato de um nunca mais parado no coração do cão eu agora aqui coração disparado em pranto.

Belo Horizonte, 21 Dezembro 2007

2 comentários:

Magui disse...

Votos são comprados até com guerras para dispersar terror.O texto sobre o cão oi escrito em 07.Ele ainda vive?

Renata Diniz disse...

São as mentiras que se insistem em contar como se fossem sinceras. Ainda está longe o tempo, eu acho, de se apresentar uma noção satisfatória dos eleitores na ação da cidadania. Abraços.