Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

terça-feira, 26 de julho de 2011

IMPACIENTE

Tem hora que não dá pra esconder sentimento

IMPACIENTE

Confesso total preguiça em air por aí atento a que ganha mais ou menos dinheiro. Sei imagino haver gente ganhando muito dinheiro, sabe-se lá de que maneira, mas e daí?

Lógico que preciso de dinheiro, muito embora esteja eu numa dificuldade sem tamanho para encontrá-lo. Trabalhar tenho trabalhado muito, exaustivamente, sem parar. Faço e farei isso até quando puder, mas trabalhar e não ganhar nada pelo trabalho realizado é duro. É isso que tem acontecido comigo que já não paro mais pra pensar tanto no assunto.

Faço o que faço, mantenho minha consciência em paz e o resto é que se dane.

Belo Horizonte, 26 julho 2011

SOLTINHO

Tenho muito que pensar, mas muito que fazer também. Aí é que está o interessante da questão, porque se fico só a pensar, não faço e se só faço, não penso.

Preciso pensar e fazer porque também ficar só nessa de pensar não dá. Pensar faz bem, mas como tudo na vida pensar demais enjoa, fica chato e até pedante. Do mesmo jeito que só fazer fica mecânico demais.

A mim não impressiona sujeito que diz que faz e acontece, que nunca pára e coisa e tal. Chego a percebê-lo tolo menino com necessidade de afirmação. Da mesma maneira, o outro que chega com ares de gênio e que a mim não causa nenhum espanto. Tem muito jeito de simular genialidade. Tudo vaidade boba em querer ser mais maior melhor.

O bom mesmo é ter no que pensar e fazer, mas sem exagero, para que a vida possa viver em paz e sem ter que afetar nada e ninguém. Não há razão para isso.te,

Belo Horizonte, 07 setembro 2008

3 comentários:

Universo Paralelo disse...

Fazer o que gostamos é bem mais prazeroso do que fazer o que nos dá mais lucro, muitas vezes o dinheiro só atrapalha e nos escraviza e nos faz ser o que não somos, muito bom texto, beijos!

Patrícia disse...

É vero!

Gosto do jeito que escreve, parece que está falando...

Abraço
PS: fazia tempo que não passava por aqui, mas não era falta de vontade, era falta de tempo... que coisa!

Renata Diniz disse...

Gostei do tema. Trabalho braçal e intelectual. Bom quando andam juntos. Abraços!