Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

sábado, 22 de outubro de 2011

CONQUISTA

Mais vale acreditar

CONQUISTA

Não posso e nem devo ficar me perdendo em pensamentos sombrios e dignos do mais fervoroso ceticismo. Tenho sim é que acreditar e por isso é que acredito na possibilidade do dinheiro. Na venda do que faço, no anúncio que propago. Acredito também no hoje agora de cada instante meu.

Pra ser sincero, se paro e penso percebo haver muita gente em situação muito pior que a minha. Aproveito pra agradecer tudo que tenho e que a mim é proporcionado. No mais, é querer e fazer por onde pra conseguir tudo e fim.

Belo Horizonte, 22 outubro 2011

PRIMEIRA PAREDE

Eu precisava de uma parede porque o convite veio e com ele o desafio.

Pintar em uma parede. Fui ao apartamento e vi o espaço parede que será pintada para depois receber pintura criada por mim.

Nunca havia pintado em uma parede antes. Até ontem diria que nunca pintei em uma parede. Hoje digo que já pintei sim, em uma parede.

Foi a primeira vez porque sempre tem uma primeira vez. A sensação? Deliciosa. Sempre a mesma conversa. No início, nervoso. Eu precisava de um instante. Olhei para ela como nunca havia olhado antes. Cheguei mais perto, senti sua presença, toquei-a com minhas mãos. Alisei-a num vôo de carinho leve, gostoso, envolvente. Ganhei intimidade, passei a mão nela toda. Sua textura em meu toque, provocação só nossa. E assim foi.

Tratei de possuí-la num ímpeto só. Dor e prazer em contornos profundos.

Quando dei por mim, a pintura fez-se presente.

Belo Horizonte, 01 fevereiro 2009

5 comentários:

Mônica disse...

Cainho
Meu tio que está sem uma perna e no hospital uma vez pediu para uma moça que pintava quadros para pintar um presepio em sua parede.
ficou lindo demais mas pena que foi apagado.
com amizade e carinho de Monica

Anne Lieri disse...

Cadinho,só mesmo um artista como vc para descrever essa sensação de pintar uma parede com sua criatividade!Deve ter ficado linda!Que pena que não tenha fotos para nos mostrar!Bjs e boa semana!

Vera Alvarenga ... disse...

Olá Cadinho! Gostei demais de como descreveu sua primeira vez...com a parede, precisar sentir,conhecer intimamente,antes de começar. Eu fazia isto com minhas texturas quando trabalhava com meus quadros ou quando começava uma escultura.
Você me fez lembrar. Foi bom. Obrigada.
Abraço,
Vera.

Magui disse...

Bela descrição. E, depois? Houveram outras?

Espero que tenha feito bons negócios.

cidinha disse...

Olá, amigo passando por aqui para desejar uma ótima semana e agradecer sua visita. Obrigada! Gostei da maneira com expressa seu texto, e as pinturas lindas. Grande abraço!