Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

quarta-feira, 18 de abril de 2012

PRAIA DO TABULEIRO

Em cada lugar novo encanto

PRAIA DO TABULEIRO

Para mim, praias como a Itajubá e Tabuleiro em Barra Velha/SC são mais atraentes porque gosto de mar aberto e com ondas mais expressivas. Mas, além da Praia Central, em Barra Velha também existe a Praia do Grant com direito a escultura que homenageia os pescadores que habitam este lugar desde quando colonizado pelos açorianos em 1812.

Barra Velha é município acolhedor e está numa região exuberante e por isso mesmo com potencial turístico pra lá de promissor.

Enquanto observo ondas da Praia do Tabuleiro, converso com João da Barra sobre o quanto é importante para um lugar ter população consciente do seu potencial.

Belo Horizonte, 18 abril 2012

GARRAFA NO RIO

Tudo em nossa vida está relacionado a outras vidas.

Tudo em nosso ser passa a ser completado por outros seres. Dos nossos feitos podemos ir onde sequer imaginamos, sem levarmos nossa presença física a tais lugares. Isto porque vagamos de maneira diversa por aí.

Remeto garrafa com Folhetos Cadinho RoCo na água do Rio Paraíba já próximo, bem próximo do mar. Ela segue para não sei onde e para ser encontrada não sei quando, não sei por quem.

Chego ao Timbukas 2G, lugar onde alivio minha sede e sacio meu apetite. Do Timbukas 2G a possibilidade de novos contatos, conversas, assuntos, novidades. A água do rio conduz a garrafa, o Timbukas 2G conduz o viver a novos instantes de inspiração.

Grussaí, 11 novembro 2010

6 comentários:

ღα૨gѳђ ખ૯૨ท૯૮ઝܟ disse...

ficarei atenta ao mar...

beijo

mfc disse...

Gosto das conversas com o mar quando estou a sós com ele!

Um abraço,

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Bom regresso.

ॐ Shirley ॐ disse...

Qualquer dia, Cadinho, sua garrafa será encontrada e você será sucesso na mídia escrita e falada, pode crer. E você tem razão, não precisamos estar fisicamente "lá"...Para o pensamento não existe espaço nem tempo. Paz profunda!

Carla Ceres disse...

Gostei da imagem do dia, Cadinho. Abraço!

Renata Diniz disse...

A garrafa que navega no mar é a vida que corre na terra e que deveria ser leve. Forte abraço!