Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

quinta-feira, 31 de maio de 2012

SINCERIDADE


A fé é algo surpreendente
SINCERIDADE
Pra quem de fato crê o impossível faz-se cada vez mais distante. É pela fé que conseguimos ir além possibilidades, crer na nossa capacidade de superação, avançar no nosso mais ousado propósito.
     No entanto, é pela fé também que apuramos e somos apurados pelo que buscamos, queremos, pelo que fazemos e pelo que nos propomos a fazer. A fé tem sim o poder de averiguar o fundo do nosso querer e de perceber o que nos leva à mais tênue das pretensões.
     Na fé, não há espaço para falcatruas.
Belo Horizonte, 31 maio 2012
SÉRIE X
     Já faz algum tempo que recebi proposta para pintar painel maior, na ocasião era algo relacionado a um poema que escrevi. A pessoa queria o poema com minha caligrafia em um painel. Fiz um, fiz dois, parei por aí.
     Agora, a proposta retorna e em conversa com Batistão resolvo aceitar e pinto dois painéis 30x30cm, um exatamente inspirado no amigo. O outro trato de concretizar proposta vendi já foi embora.
     O painel inspirado no Batistão tem a consoante X como tema e minha intenção é criar uma pequena série com o mesmo mote. A propósito, Batistão diz que estes painéis 30x30cm representam venda garantida.
Belo Horizonte, 02 abril 2011

4 comentários:

Cidinha disse...

Olá,amigo. Estou aqui para agradecer sua amável visita. Obrigada! Lindo post. Sem fé nada somos! Com fé venceremos. Parabéns pela sua arte! Belo trabalho. Desculpe a falta! Tive problemas com conexção, e estou tentando por em dia as visitas. Grande abraço!

Carla Ceres disse...

Muito verdadeiros os seus pensamentos sobre a fé, Cadinho. Preciso prestar mais atenção nesse aspecto da vida. Abraço!

Andreza Paixão-Christian Girl disse...

Legal o texto,gostei

http://dezapaixao.blogspot.com.br/

Reflexo d'Alma disse...

Ressalto essa frase:"
A fé tem sim o poder de averiguar o fundo do nosso querer e de perceber o que nos leva à mais tênue das pretensões. "

Bjins