Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

segunda-feira, 25 de junho de 2012

MUTANTE


Este expediente de escrever por encomenda por vezes é chato, intrigante e enfadonho  
MUTANTE
     Escrevo por encomenda quando sinto-me à vontade para fazer isso porque o escrever pra mim não se limita a uma ação comercial. Há o envolvimento pessoal, afetivo e desprendido daquilo que age como espécie de encarceramento das palavras.
     Tenho textos contraditórios porque também convivo com momentos de contradição. Não sou travado em conceitos e posturas que, por natureza, estão em constante mutação. No entanto, por força do próprio tempo de vida, consigo perceber caminhos idos a lugar nenhum, que hoje trato de evitar.
     Na realidade, escrever pra mim é mais missão que trabalho, muito embora eu necessite de resposta financeira do que escrevo, porque ainda não consegui me livrar de tal dependência. Razão para que eu, também nesse sentido, me permita a mutações.
Belo Horizonte, 25 junho 2012
ENTRE ASSUNTO E OUTRO
     Olhei para o relógio imaginei atraso e logo em seguida fui informado que o Arnaldo Matoso lá de Quissamã não poderia comparecer por causa de pequeno problema de saúde surgido de repente. Por isso não tive como conhecê-lo e nem tão pouco entrevistá-lo.
     Sensação de vazio, página do Papeando com Cadinho RoCo no silencio quebrado pela aparição do médico pediatra Sérgio Gonçalves que a mim disse ser o Dr. Serjão. Entendi de imediato sua apresentação, homenzarrão de gestos largos, memória espetacular, discurso enfático e timbre de voz firme e determinado.
Belo Horizonte, 30 julho 2011

11 comentários:

Malu disse...

Sempre palavras contundentes e afiadas como lâminas... sempre real e consciente, este espaço. Abraços e grata pela visita, meu amigo!!!

lea disse...

prazer em connhecer teu espaço, estou retribuindo a visita, boa semana.

Rosa Branca disse...

textos claros e objetivos, muito bom!!!!

Mary disse...

Deve ser mesmo intrigante, não sei se saberia escrever assim, bem nem sei escrever assim, você sim é ótimo!!
Beijos boa semana
Mary

SONINHA disse...

Oi,Cadinho!!
Obrigado pelo carinho!Estou te seguindo!te aguardo,ok??
Bjs no core.Soninha.

Sandra Botelho disse...

Escrever por obrigação ou por dinheiro não é nada facil, pois nós que nos metemos a escrever, sempre escrevemos o que nos manda o coração, Bjos achocolatados amigo.

Artes e escritas disse...

Apreciei o seu texto sincero, com vontade de textualizar situações reais e emoções. Um abraço, Yayá.

Marly Bastos disse...

Quando o escrever cruza a linha entre prazer, realizações e missão, há essa contradição, pois por natureza somos contraditórios.
às vezes escrevo algo e penso:"não posso escrever isso, pois contradiz o que disse em tal texto..." Ah, mas eraoutro contexto,outros sentimentos...Adorei o seu texto bem sincero.
Obrigada pela visita.
Bjks doces

claudete disse...

Escrever deve ser sempre um ato de entrega e motivação, você está certo em ser fiel à sua metodologia , como ser sincero se não estivermos convictos do que escrevemos? Abraços.

Luciana Santa Rita disse...

Oi Cadinho,

Tudo bem? O texto revela mais que um mutante, mas um homem que se adapta as contradições da vida.
Parabéns pela leveza!

Lu

Renata Diniz disse...

Metaformoses ocorrem também na escrita. Abraço!