Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

DA CHEGADA


Cacá é peça raríssima
DA CHEGADA
     Mal chego a Camanducaia e já recebo da Cacá – Caboclinha de Camanducaia, notícia de que continua aprontando no Sítio Haras Terra Matre.
     Pra quem não sabe Cacá é um ser mágico, forma de maritaca que cresce e se transforma em alguém que consegue se comunicar com nós humanos usando nossa fala, nossos dizeres. Mas o que então fico sabendo é que Cacá nos últimos dias cismou com fiação elétrica do sítio. Em particular com cabos que levam sinal de televisão para a sede que simplesmente passaram a ser alvos dos bicos dela Cacá, que corta-os impiedosamente. 
     Quando então me aproximo de Cacá ela ri e ainda completa dizendo da tosse que estranhamente tenho tido à noite, ser coisa dela também. Eu já desconfiava porque a tal tosse é mesmo diferente e o mais esquisito é que basta eu comer pedaço de pão, para que ela pare.
     Cacá ri e diz que esse é jeito dela celebrar minha chegada a Camanducaia.
Camanducaia, 05 novembro 2012
VAGABUNDEANDO

Alma lavada
Corpo banhado
Na noite úmida
Porém sedenta.
Na brisa das idéias
Limpas intenções
Expostas às
Mais sujas emanações.
Os instantes passam
Pelas nuvens dispersas
Na vastidão do céu.
Dia qualquer
Na noite qualquer
Feita ao que der e vier.

Belo Horizonte, 02 junho 1998

2 comentários:

Carla Ceres disse...

Eu gosto das histórias da Cacá. Boa semana!

Vanessa Barbosa. disse...

Olá meu amigo, como vai? Vim e desejar uma semana iluminada e muita confiança nas suas decisões.
Ah, tem um selinho pra vc lá no blog, dediquei com muito carinho.
Beijos querido.