Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

ALIMENTANDO A FÉ


Tem situação que o melhor é deixar que Deus aja por nós em nós mesmos


ALIMENTANDO A FÉ


      Tenho hoje mais de 30 apartamentos para vender em Belo Horizonte. Tenho um sem número de imóveis diversos como lojas, casas, lotes, chácaras, sítios, ranchos, barracos, galpões e áreas diversas à minha disposição para vender.
      Tenho hoje um carro para vender, espaço para anunciantes nos Folhetos e Blog Cadinho RoCo, projetos de comunicação e consultoria para negociar. Ainda assim não consigo nenhuma venda, mesmo estando em contato com mais de 1000 corretores(as) espalhados por Belo Horizonte e entorno.
      Volto minha atenção para instante de prece quando coloco-me inteiramente ao dispor de Deus pedindo que, pela Santíssima Trindade, eu possa suportar toda consequência de não ter como fazer o mínimo necessário sem as tais vendas. Peço ainda que Deus ilumine viver a mim confiado para que eu entenda o que ele quer e espera de mim enquanto criatura Dele que sou. Que o Pai, Filho e Espírito Santo com a força e o poder da Santíssima Trindade possa dar a mim resistência, paciência, humildade, força e amor suficiente para que eu supere tudo isso e obtenha a graça de, pela fé, difundir o meu trabalho para o bem do meu semelhante, amém.
Belo Horizonte, 07 dezembro 2012
O ÁS
     Que o meu amigo Maurição é um ás no volante, não existe a menor dúvida. Com perícia invejável, reflexos mais que apurados e noção precisa de direção, o Maurição é capaz de desafiar quilômetros e mais quilômetros de dificuldades.
     Se bem recordo, o Maurição já esteve pelo menos umas quatro vezes no “Pedacinhos do Céu”. Sempre chegando mais tarde, depois do fôlego recuperado, o desabafo. É que o amigo não consegue achar o caminho do “Pedacinhos do Céu”, sem antes ter que passar por involuntário passeio pelo Caiçara.
     Até que em um de seus tantos momentos de lucidez, eis que o Maurição decide desvendar o mistério. Resolve desbravar o Caiçara durante o dia, fazendo minucioso reconhecimento de suas avenidas e ruas. Assim, quem sabe, o Maurição conseguirá, mais dia menos dia, descobrir eficaz atalho para chegar ao “Pedacinhos do Céu”.


Belo Horizonte, 28 outubro 1998

3 comentários:

Ana Bailune disse...

Meu caro, desejo-lhe muita sorte no seu trabalho - que pelo que posso ver, é honesto e feito com amor. Não desista, continue tentando.Acho que o que falta, é dinheiro. Estamos todos pobres...

Carla Ceres disse...

Concordo com a Ana, Cadinho. A situação econômica anda complicada. Abraço!

Malu Silva disse...

Logicamente que temos que estar sempre atrelados a uma força MAIOR - DEUS - e ter fé sim, mas também creio que a situação está pesada para todos... se quem quer vender quer se desfazer por motivos de fazer dinheiro é portanto porque não o tem e, se com tudo isto não se tem dinheiro imagina os demais...
FÉ e ESPERANÇA sempre, mas as coisas estão difíceis mesmo. Só não estão para os corruptos que fazem dinheiro nun piscar de olhos e vendem e compram e doam e por aí vai...
Um abraço e grata pela visita!!!

Bem que queria ter um dinheirinho para comprar um imóvel...