Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

NOVO ALENTO


Quando menos esperamos eis que surge alguém
NOVO ALENTO
     Ninguém está só no mundo e pra quem tem fé sempre aparece alguém para revigorar em nós o espírito vivo da esperança. É pela solidariedade que exuberamos força e pela força é que despertamos novo alento ao nosso semelhante.
     Quando então encontramos pessoa amiga que sente e percebe nossa aflição, eis que temos oportunidade de perceber a luz de Deus a iluminar nosso caminho. É pela eficácia do amor que avançamos, é pela presença de Deus em nós que sempre podemos mais.
     No tempo da provação somos e ficamos expostos a gestos diversos de indiferença. Mas é desse tempo também que nos deparamos com nosso poder de resistência e com o quanto nos é oportuno o acreditar.
     Ninguém está isolado no mundo quando então crê e não perde de si mesmo o espírito da crença. É quando sentimos que acordamos para o fato de que pra quem quer, a primeira atitude tem de ser a nossa, do nosso próprio ser. A partir daí, tudo pode acontecer.
Belo Horizonte, 10 janeiro 2013
SIGILOSA
     Quando acendi o meu cachimbo, na Rua Curitiba, a Andréa lembrou de Nova Iorque. Quando pensei no sul da Rua Curitiba, lembrei-me da Andréa. Procurei o seu endereço, ainda mantido por certo sigilo. Se existe o sigilo e se a razão do sigilo é sigilosa, nada a dizer.
     Continuei andando e baforando o meu cachimbo pela Rua Curitiba. E a Andréa, camuflada em meus pensamentos, permaneceu em seu sigiloso endereço. Era manhã, quase tarde. Olhei para o meu cachimbo, vindo de Nova Iorque. Mas não foi a Andréa quem trouxe de lá, o meu cachimbo. Mas o meu cachimbo, com hálito de Nova Iorque, sugeriu interessante relação entre a Quinta Avenida ou, se preferirem, a Fifth Avenue e a Rua Curitiba. O que engasgou-me de espanto. Até porque, a Quinta Avenida não é o endereço da misteriosa Andréa, da Rua Curitiba.
Belo Horizonte, 21 maio 1999

5 comentários:

Vanessa Barbosa. disse...

Em momentos de dificuldade, corações se unem através da fé. O amor divino acalenta e torna duas, três, quantas pessoas forem possíveis em uma só, construindo colunas fortes para reeguer a esperança de quem necessita.
Jamais estaremos sozinhos no mundo se soubermos agir com o coração.
Um beijo e tenha um ótimo dia.

Rita disse...

Nosso coração sempre ajuda quando
estamos sozinhos, um post valioso
Bjuss
Rita!!!

ONG ALERTA disse...

A fé nos faz viver abraço Lisette.

Vanessa Barbosa. disse...

Ah sim, obrigada por essa abertura, email é sempre uma coisa mais pessoal. Se meu tempo permitir eu respondo via email, caso contrário respondo pelo blog mesmo. Mas posso enviar-lhe emails com mensagens sempre que puder?
Beijo querido.

Portal de Blogs Teia disse...

Olá.
Parabéns, seu blog é show de bola, muito legal e muito assunto interessante.
Até mais