Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

quarta-feira, 19 de junho de 2013

DOCE AMOR



Série Cadinho de Prosa dos Folhetos Cadinho RoCo
DOCE AMOR
     Comprou doce de limão em calda por saber que sua mulher adora esse doce. Só de ver a polpa do limão descascado e reluzido pela calda ficou com água na boca.
     Voltou agitado, pensei comigo chegar problema. Mas não foi nada disso. O moço veio pra encomendar mais, a mulher enlouqueceu com o sabor delicioso do doce. Aquela rusga de antes acabou como que por encanto, noite foi só carícia dela totalmente felicitada pela magia daquele doce de limão em calda.
     Esqueceu de encomendar, decidiu levar logo vidros com doces de mamão e cidra que era o que eu tinha em mãos ali, nem quis saber de troco.
     Ela esperava por ele então tratado agora como doce amor e mais não conto pra não engrossar a calda.
Belo Horizonte, 19 junho 2013
CALOR

Foi só conversa
Verso perdido
Ido embora
Calor derretido.
Foi só instante
Verso trazido
Lembrança de
Calor acordado.
Foi só
O que não
Foi só
O que agora
Declama desejo
Calor chama.
  
Belo Horizonte, 14 fevereiro 2001

2 comentários:

Carla Ceres disse...

Oi, Cadinho! Doce de limão em calda é novidade pra mim. Os doces de Minas são ótimos. Abraço!

Célia Rangel disse...

Sabe, Cadinho... quero comprar seus doces, como fazer? Meu contato: ailec16@gmail.com
Abraços, Célia.