Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

sábado, 29 de junho de 2013

SANTA MULHER

Série Cadinho de Prosa dos Folhetos Cadinho RoCo
SANTA MULHER
     A santa mulher que sinto estar em plena sintonia comigo não é a Marieta que tenho como verdadeira mulher santa. Fato é que a santa mulher, na realidade, não é desse mundo e sim alguém que se comunica comigo no plano espiritual. Também não é Celeste que diz ter adorado doce de laranja em calda que vendi pra ela que é alguém que sabe das coisas até por ser lá de Laranjal, zona da mata das Minas Gerais.
     Direi então ser a santa mulher alguém celestial que ampara minha angustia tal qual mãe a cuidar do seu filho em momento de aflição. É ela que dialoga com minha fé e que está sempre a me expor o grande sentido da graça de Deus em meu viver.
Belo Horizonte, 29 junho 2013
LAMPIÃO

Um lampião branco
De origem chinesa
Pequeno e modesto
Com jeito saudosista.
Um lampião aceso
A querosene que
Exala lembrança
De casa antiga.
Um lampião que
Chama o fogo
Luz no pavio.
Um lampião que
Ilumina a noite
Com seus sonhos.

Belo Horizonte, 03 março 2001

4 comentários:

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Olá Cadinho,obrigada da visita em meu espaço.

Abraços
Carmen Lúcia-mamymilu.blogspot.com

quem és, que fazes aqui? disse...


« A querosene que Exala lembrança De casa antiga. Um lampião que Chama o fogo Luz no pavio.»

Assim somos...

Obrigada pela visita

Beijo

Laura

Camila Monteiro disse...

Olá!!!

Passando pra te desejar um excelente final de semana!

Beijos!

www.vidacomplicada.com

Dorli disse...

Oi Cadinho
Que surpresa boa!
Você passando no meu simples blog popular.
Estou lisonjeada.
Obrigada pela visita
Lua Singular