Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

quinta-feira, 11 de julho de 2013

DECOLANDO


Série Cadinho de Prosa dos Folhetos Cadinho RoCo

DECOLANDO

     Idas diversas, motivos múltiplos a fazerem com que as viagens aconteçam. No aeroporto o falatório da televisão pra todo mundo, pra ninguém. Notícias que dão conta de um Brasil corroído por tantos escândalos, por tanta incompetência, por tanta corrupção.
     Hora de embarcar, hora de voar. Semblantes diversos, passageiros embarcados, serviço de informações preventivas. Aviso de decolagem, avião em velocidade. Voo no flutuar macio sobre o mar de Santa Catarina.
Navegantes, 11 julho 2013

ORDEM OU CONSULTA?

     Nem ordem, nem consulta. Conversamos sobre hipóteses. Depois, a teoria quis provocar a prática. Uma vez consultada, a ordem surgiu, muito embora desordenada.
     Na intenção da ordem, tudo não passou de mera consulta. Mas a proposta, agora evidenciada pelos fatos, trazia consigo a insensatez.
     Se a consulta foi insensata, como dela evitar o delírio da ordem? Pela ordem natural das coisas, a consulta perdeu-se em seu discurso. Uma vez perdida, a ordem era achar rumo. A consulta assim, tinha missão a cumprir.
Belo Horizonte, 05 maio 2001

 

6 comentários:

Ritinha disse...

Bom dia!!
As vezes a insensatez nos surpreende, não é mesmo?
Não consigo mais deixar de passar por aqui.
bjks
Ritinha

Malu Silva disse...

Seus textos são sempre intrigantes e de certa forma muito inquietantes... Eu gosto. Não passo sempre, mas quando passo saio com algo de bom...
Um abraço

Carla Ceres disse...

Boa viagem, Cadinho! Que Deus o acompanhe. Abraço!

Célia Rangel disse...

Uma excelente alternativa... decolar!! Vou nessa também!
Abraço, Célia.

Carolina disse...

Bom dia Cadinho amigo, como esta voce?
Sempre interessante sues textos inteligentes, tambem misteriosos e sugestivos... que especialmente estao cheios de lucidez, eles sao como um raio de luz atraves das nuvens escuras.
(Tambem gostam-me muito seus oleos).
Abraco grande, grande!

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.